• O desafio final: a tese

O desafio final: a tese

Tese é um termo com o origem no grego “thesis” que significa “proposição“. Consiste em uma asserção discutida e defendida por alguém, com base em determinadas hipóteses ou pressupostos.

Num sentido mais lato, uma tese é um trabalho acadêmico onde o autor defende uma ideia e sustenta sua argumentação através dos resultados de uma profunda investigação sobre o tema. A tese acadêmica é um documento fundamental para a obtenção do grau de doutor.

A tese de doutorado é considerada o tipo mais representativo e consistente de trabalho científico monográfico. Trata-se da abordagem de um único tema, que exige pesquisa própria da área científica em que se situa, com os instrumentos metodológicos específicos.

Essa pesquisa pode ser teórica, de campo, documental, experimental, histórica ou filosófica, mas sempre versando sobre um tema único, específico, delimitado e restrito.

Com maior razão do que no caso dos demais trabalhos científicos, uma tese de doutorado deve realmente colocar e solucionar um problema demonstrando hipóteses formuladas na evidência dos fatos e na coerência do raciocínio lógico.

Além disso, exige-se da tese de doutorado contribuição suficientemente original a respeito do tema pesquisado. Ela deve representar um progresso para a área científica em que se situa. Deve fazer crescer a ciência. Quaisquer que sejam as técnicas de pesquisa aplicadas, a tese visa demonstrar argumentando e trazer uma contribuição nova relativa ao tema abordado.

Na elaboração de uma tese, não se deve pretender falar de tudo, de todos os aspectos envolvidos pela problemática tratada. O caráter monográfico do trabalho é um significativo aval de sua qualidade e de sua contribuição do desenvolvimento científico da área.

O importante é ater-se ao substancial da pesquisa, não se perdendo em grandes retomadas históricas, em repetições, em contextuação muito amplas. Não se pode falar de tudo ao mesmo tempo numa mesma tese. A estes aspectos pode-se referir, citando-se as fontes competentes, sem necessidade de reproduzi-las a cada novo trabalho visando o mesmo tema.

No alcance da máxima titulação acadêmica figurante no País, a elaboração de uma tese requer tempo hábil o suficiente, pesquisa profunda, levantamento de informações, emprego de uma redação original e capaz de apresentar de forma consistente uma solução viável à temática eleita.

A confecção de uma tese é como a incorporação de um sacerdócio, tão acertadas devem ser suas conclusões e apontamentos no sentido de uma eficiente contribuição ao campo científico contemporâneo. Dessa forma, a concentração, a pesquisa, o estudo aprofundado, a comparação, a técnica constituem premissas fundamentais na elaboração de uma tese de doutorado.

By |2018-12-06T01:56:34+00:0004-09-2013|debates|0 Comments

About the Author:

Mestranda em Políticas Pública, pela Universidade de Mogi das Cruzes(UMC), especialista em Direito Público, em Direito Processual Civil, em Direito Penal e Processual Penal, e Assistente Jurídico Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Leave A Comment