Monografia, dissertação ou tese: eis a questão

O que é uma monografia?
A palavra monografia tem sua origem etimológica em mónos (um só) e graphein (escrever), ou seja, escrever a respeito de um único assunto.

A monografia é um trabalho que trata de assunto particular, de forma sistemática e completa. Esta é sua característica essencial. Trata-se de um estudo sobre um tema específico ou particular, com suficiente valor representativo e que obedece a uma rigorosa metodologia.

A monografia pode abranger dois sentidos:
– O Stricto, que se identifica com a tese e a dissertação: trabalho escrito de um tema específico que resulte de pesquisa científica com o escopo de apresentar uma contribuição relevante ou original e pessoal à ciência;
– O Lato, que se identifica com todo trabalho científico de primeira mão, que seja resultado de pesquisa: dissertações científicas, de mestrado, memórias científicas, informes científicos, etc.

O que é uma dissertação?
A dissertação é o texto referente à comunicação dos resultados de pesquisa científica, fruto de um programa de pós-graduação Stricto sensu (mestrado). Outorga o título de mestre. Deve apontar, com clareza, o problema e os objetivos da pesquisa, além de destacar o referencial teórico norteador do processo de análise, bem como os procedimentos metodológicos utilizados.

Trata-se de um trabalho que marca o início do envolvimento do aluno-pesquisador com o processo de pesquisa ou que possibilita a continuidade dos estudos de iniciação científica. Por fim, a dissertação e o ato de dissertar implicam em apresentar o trabalho por escrito à instituição de ensino superior e defendê-la publicamente.

O que é uma tese?
A tese é um trabalho científico que apresenta os resultados obtidos no processo de análise de um problema de pesquisa, fruto de estudos no nível Stricto sensu (doutorado).

Após a definição do problema de pesquisa, levanta-se a hipótese e são realizados testes para comprová-la, com o intuito de apontar soluções para o problema. O pesquisador está trabalhando com a descoberta, a rigorosidade científica, a originalidade e, especialmente, com a criatividade.

O fator de diferenciação entre a dissertação e a tese é o processo de pesquisa, o conteúdo e a originalidade do tema.

A tese de doutoramento é um trabalho científico original que apresenta uma reflexão aprofundada sobre um tema específico, nunca antes tratado, cujo resultado final constitui numa contrição valiosa e única para o conhecimento da matéria tratada.

Uma tese é a defesa de um argumento que poderá ser objeto de refutação. Este é o sentido original que ainda preside ao espírito de uma tese escrita para obtenção do grau acadêmico de doutor.

O que se espera de uma tese de doutorado?
Espera-se que uma tese de doutoramento seja uma contribuição válida para uma dada área do conhecimento. Todos os orientadores (de teses e dissertações) têm sua própria filosofia, mas existem alguns princípios gerais que são internacionalmente reconhecidos em qualquer área científica:

Uma tese deve:
– Identificar claramente o seu objetivo;
– Abordar um tema que seja relevante para o conhecimento;
– Tratar de um tema original, que pouco tenha sido explorado;
– Convencer que a questão investigada foi devidamente tratada;
– Apresentar argumentos cientificamente fundamentados.

By |2016-01-19T16:08:14+00:0007-03-2012|guia|3 Comments

About the Author:

Criador e editor de conteúdo do blog, é portador de uma imaginação hiperativa e de uma necessidade patológica de estar sempre bem-humorado. Acredita que a Pós-Graduação, como tudo na vida, pode ser interessante, divertida e descomplicada.

3 Comments

  1. Helbert 05.08.13 at 07:27 - Reply

    Bom dia,

    Por favor… vocês poderiam me informar quem é a autora ou autor do texto?

    Precisava usar em uma referência bibliográfica como citação.

    Obrgado

  2. Muito bom. Parabéns!

  3. Sergio 27.11.14 at 12:11 - Reply

    Obrigado pelas dicas. de facto estas palavras confundem muita gente

Leave A Comment