Como elaborar apresentações acadêmicas com o Prezi

Agora que você já teve seus primeiros contatos com o Prezi, é hora de criar intimidade com este programinha simpático. Por ser uma ferramenta inovadora, cheia de tecnologia e bastante evoluída diferente do ppt, percebo que as pessoas ainda resistem em utilizá-la. Há certo receio pelo fato de não saber se a apresentação será bem aceita pelo público ou não.

Acredito que daqui a algum tempo este receio deixará de existir e as pessoas agirão com naturalidade ao assistir a uma apresentação feita no Prezi. Alguém já viu a platéia se espantar com slides em ptt? Não consigo imaginar uma cena dessas sem dar risada. Mas com o Prezi a reação de espanto é muito frequente, pois muitas pessoas ainda desconhecem esse programinha supimpa. É normal ouvir um “Oh!” ou burburinhos quando você inicia a apresentação.

Por isso, se você pretende utilizar o Prezi, tome cuidado para não enfeitá-lo muito, pois as pessoas ficarão mais envolvidas com o programa do que com o conteúdo de sua apresentação. Muita novidade de uma vez pode causar estranheza nas pessoas, ainda que elas gostem do resultado final. Lembre-se: o Prezi é apenas um meio para transmitir uma mensagem, não pode ser um fim em si mesmo.

Pensando nas dúvidas e inseguranças que surgem ao utilizar o Prezi, elaborei algumas dicas que podem te ajudar a elaborar uma boa apresentação:

1. Não se empolgue!
Ou pelo menos tente. Caso contrário, o risco de sua apresentação virar um carnaval é bastante elevado.

2. As regras são as mesmas.
As dicas para uma boa apresentação em ptt que você já leu diversas vezes mas nunca lembra de colocar em prática servem também para o Prezi: combinação de cores, fontes, quantidade de texto, excesso de animação, etc. Estes textos publicados aqui no blog podem ajudar: Sete dicas para caprichar nos slides, Dez dicas para criar uma boa apresentação no PowerPoint.

3. Considere o contexto.
Qual o seu objetivo? Quem é o seu público alvo? A plateia é aberta a novidades ou é mais tradicional? Pensar nisso ajuda a dosar a quantidade de efeitos na apresentação.

4. Organize o conteúdo.
Procure organizar em sua mente a ordem do conteúdo a ser apresentado; estabeleça uma ligação entre os slides e deixe-os próximos para não provocar tontura na plateia.

5. Cuidado com os espaços.
Utilize os frames para delimitar espaços e não deixar o conteúdo solto no espaço.

6. Padronizar é preciso!
Escolha um padrão de formatação, estilo de figuras e de molduras; mantenha o padrão do começo ao fim da apresentação.

7. Aproveite os recursos disponíveis.
Utilize o zoom para dar ênfase a um conteúdo importante ou explicar ou aprofundar um tópico/assunto específico, deixando o conteúdo principal em destaque.

8. Não abuse dos recursos disponíveis.
Tenha cuidado com o excesso de zoom e evite as mudanças bruscas de posição (vertical e horizontal). Esse looping também deixa o público tonto.

9. Cuidado com a qualidade das imagens.
Utilize imagens com boa resolução, pois o zoom pode deixá-las com aquele terrível quadriculado.

10. Converta seus arquivos.
Tem um arquivo em ppt que você não aguenta mais ver? É possível importar arquivos em ppt para o Prezi! O recurso também é ótimo para quem não se sente preparado para mergulhar de cabeça no prezi; basta elaborar um rascunho no PowerPoint e terminar a apresentação no Prezi. Para importar um arquivo em ppt clique no menu Insert > PowerPoint e escolha o arquivo. Depois disso é só organizá-lo e formatá-lo como desejar.

Alguns exemplos de apresentações no Prezi:

Boas apresentações e até semana que vem!

By |2018-12-06T01:56:36+00:0016-08-2013|guia|8 Comments

About the Author:

Graduada em Psicologia pela PUC Campinas (2012), foi aluna de Iniciação Científica por dois anos. Atualmente cursa Mestrado em Psicologia pela PUC Campinas e faz formação em Psicologia Clínica Centrada na Pessoa.

8 Comments

  1. Vinnie 16.08.13 at 15:29 - Reply

    Sei lá, eu sempre acho muito estranho apresentações no Prezi e não considero isso uma coisa boa. Sou adepto a novas tecnologias, gosto de inovações, mas essa coisa dos slides irem “andando”, ao invés de serem trocados, sempre me dá tontura.

    Se a apresentação fizer sentido, tipo uma linha do tempo que vá caminhando, tudo bem, agora se for só pra criar transições “bonitinhas”, acho que mais atrapalha do que ajuda.

  2. As dicas ficaram muito boas, Nadini, e certamente vão ajudar na próxima apresentação com Prezi que eu for tentar fazer! Gostei das dicas que ajudam a evitar excessos de zooms e voltas — um amigo meu disse que quando fosse fazer a apresentação dele em Prezi iria distribuir saquinhos de vômito de avião para a plateia =P ou seja, nem sabíamos que era possível fazer uma apresentação mais light hehe

  3. Maysa 19.08.13 at 19:56 - Reply

    Depois que conheci o recurso aqui, utilizei em uma apresentação minha. A maioria adorou, mas alguns reclamaram e disseram ter ficado com vertigem.

  4. Eliana P. 20.08.13 at 20:09 - Reply

    Eu também fico tonta! Dos 3 exemplos que vc deu, fiquei menos tonta no terceiro, talvez porque os deslocamentos sejam menores. Eu tenho cinetose, ou seja, sou do tipo que enjoa no ônibus e em jogos de primeira pessoa. Somos 10% da população mundial. Por isso, adorei e reforço essa sua dica de pegar leve com as mudanças!
    Ainda não deu vontade de usar o Prezi (no momento eu sou grande entusiasta do Beamer) mas esse post foi bem mais animador que os outros exemplos que eu já vi!

  5. Vinnie, Elisa e Maysa, como eu disse, as pessoas ainda resistem ao prezi, sim. Mas eu me pergunto até que ponto as críticas são sinceras. Tudo bem, tem gente que não gosta e ponto, mas não podemos descartar que tem gente que critica o prezi simplesmente porque não sabe usá-lo (e fica mordido ao ver que alguém fez uma apresentação bacana). Enfim, o fato é que eu nunca vi alguém confessar que ficou com sono depois de assistir a uma apresentação monótona em PowerPoint! rsrs

  6. Patricia 21.07.15 at 15:18 - Reply

    Depois de finalizado o trabalho, na hora da apresentação, é preciso estar conectado a internet?

    • Pós-Graduando 21.07.15 at 16:27 - Reply

      Não, você pode exportar em um arquivo executável e salvá-lo em seu computador =)

  7. joao carrera bahia 28.11.15 at 13:28 - Reply

    Adorei. O prezi não deixa de ser um paradigma. Isto nos leva a crer que sera o futuro em apresentacoes. Quem viver vera

Leave A Comment