Segundo uma pesquisa feita nos EUA e na Austrália, com o uso de uma apresentação no PowerPoint as pessoas absorvem 20% menos informações do que quando os dados são expostos apenas verbalmente. Desta forma, reproduzimos aqui algumas dicas da revista Superinteressante que podem auxiliá-lo a criar slides mais eficientes para aquela apresentação de seminário tão importante.

1. Comece pelo fim
Qual a conclusão você quer passar a para a platéia? Comece redigindo o último slide da apresentação. Assim, você construirá todos os slides anteriores de forma a chegar nessa conclusão.

2. Use pouco texto
Seja o mais conciso possível, e não se preocupe com os detalhes. O slide ideal tem no máximo dez palavras.

3. Evite o uso de marcadores
Só use marcadores quando absolutamente necessário, como no slide introdutório, por exemplo, em que você pode enumerar as idéias a serem expostas.

4. Separe os assuntos
Procure colocar apenas uma idéia ou gráfico por slide. Caso seja necessário, divida as suas informações em vários slides.

5. Use apenas duas fontes
Use dois tipos de fonte: uma para os títulos, outra para o texto. De preferência, use fontes sem serifa, como a Arial e a Tahoma.

6. Nada de letrinhas miúdas
Evite usar fontes menores que 28 pontos. O menor tamanho aceitável é 24.

7. Enfatize o que é importante
Ao montar um gráfico, destaque sua informação mais relevante, e faça isso no próprio slide, em vez de usar o laser pointer.

8. Faça os gráficos certos
Gráfico de pizza? Prefira a versão 2D. A versão 3D distorce as imagens. E use apenas duas cores nos gráficos de barras.

9. Aplique a regra dos 3 segundos
Depois de terminar sua apresentação, releia os slides e veja se cada um deles pode ser compreendido em no máximo 3 segundos.

10. Não leia o que está escrito
Não repita para o público, em hipótese nenhuma, as frases que estão escritas nos slides. Isso fará com que você seja ignorado.

Fonte: Revista Superinteressante, ed. 269 – Set/2009