• Por que escrever uma dissertação é mais difícil do que ter um bebê

Por que escrever uma dissertação é mais difícil do que ter um bebê

Texto muito criativo escrito pelo Dr. Larry Morton, da Universidade de Windsor, em que o autor lista dez argumentos para provar que escrever uma dissertação ou uma tese é muito mais difícil do que ter um bebê.

Por que escrever uma dissertação é mais difícil do que ter um bebê:

1. Ninguém faz você ter um curso de graduação antes de ter um bebê.

2. Ao contrário de um orientador, você pode mudar de médico sem ter que começar de novo.

3. Amigos e parentes não colocam em dúvida a importância de um bebê.

4. Conceber um bebê é muito mais divertido do que conceber um capítulo.

5. Você não precisa explicar várias vezes aos seus amigos e familiares o que é preciso para se fazer um bebê e porque você ainda não o terminou.

6. Você sabe exatamente quanto tempo dura uma gravidez.

7. Três meses antes do parto o seu médico nunca irá dizer: “Quero que você refaça tudo.”

8. Todo mundo vai dizer que seu bebê é bonito, e você vai acreditar neles.

9. Os bebês não necessitam ser padronizados ou colocados nas normas da ABNT.

10. Ninguém vai reclamar se o seu bebê é muito semelhante a outro.

By |2015-11-01T09:43:52+00:0013-04-2011|humor|29 Comments

About the Author:

Criador e editor de conteúdo do blog, é portador de uma imaginação hiperativa e de uma necessidade patológica de estar sempre bem-humorado. Acredita que a Pós-Graduação, como tudo na vida, pode ser interessante, divertida e descomplicada.

29 Comments

  1. Valéria Damiani 18.04.11 at 14:54 - Reply

    É muito desejávelmanter o bom humor!!!

  2. Natália 22.04.11 at 14:41 - Reply

    Hahahhahahaha
    a 10 tinha que ser: Qualquer bebê que você faça, ninguém o terá feito antes.

    • Fabiana 25.05.11 at 09:18 - Reply

      Para a mulher sim, já para o homem, alguém poderá fazer o bebê por ele sem cobrar nada…kkkkkkk

  3. Erica 12.05.11 at 10:55 - Reply

    E eu adiando um bebê por causa da tese…

    • Fabiana 25.05.11 at 09:17 - Reply

      como eu disse abaixo, o bebê vc leva pra casa, vai te dar trabalho, a tese, depois de pronta, vc esquece ela na biblioteca e vai cuidar da vida..rsrsrsrs

  4. Fabiana 25.05.11 at 09:14 - Reply

    Muito boa e propícia a comparação. No entanto, podia-se incluir o n. 11: “Depois de prontos, o bebê a gente leva pra casa, enquanto a tese a gente esquece na biblioteca.” Eu ainda sou mais a tese!!!! kkkkk

    • Sisi 20.02.12 at 16:18 - Reply

      Depois da dissertação/tese pronta a probabilidade de entrar mais grana no seu bolso é muito maior, já tendo o bebê a grana só vai sair, rs.

      Mas os benefícios da dissertação/tese só são depois de concluída, o problema é gerar a bendita!

  5. Gabriela 21.09.11 at 19:31 - Reply

    Ambos precisam ser bem pensados antes… para nao se arrepender depois

  6. Delegado 19.10.11 at 14:35 - Reply

    Por mais que possa se parecer com outro bebê, ninguém vai te acusar de plágio.

  7. Hugo Sales 22.04.12 at 17:42 - Reply

    não concordo com a 10, pois se o meu bebe for muito parecido com o do vizinho eu vou ficar desconfiado

    kkkkkkkkkkk

  8. Karen Oliveira 14.05.12 at 20:18 - Reply

    Putz, agora que comecei a escrever o projeto e já to sentindo as dores,,,

  9. Nina 17.05.12 at 17:48 - Reply

    Só podia ter sido escrito por um homem…

  10. Anadebona_ 01.07.12 at 11:54 - Reply

    Por amor, que loucura…………….essa comparação é muito esquisita, claro foi homem quem escreveu………..e ele só escreve……….já a mulher…………
     

  11. Carol 29.07.12 at 14:06 - Reply

    Muito bom!!!!!!

  12. PorraAnne 11.08.12 at 19:35 - Reply

    Prefiro fazer a dissertação. Dá despesa, mas é temporário.

  13. Fernanda Figueirêdo 13.08.12 at 15:34 - Reply

    Por isso que eu queria um bebê! Seria tão mais prático… rsrsrs

  14. Mais difícil é escrever uma dissertação COM um bebê. Cuidar do bebê é a parte divertida…o descanso.

  15. Lina Toledo 28.08.13 at 09:27 - Reply

    Engraçado mas pra mim que escrevi dissertação, tese e tive um bebê, com certeza, os bebês são mais difíceis! Bem mais!

  16. Thais 29.08.13 at 18:44 - Reply

    É claro que quem escreveu não tem filho! Aliás, a grande maioria aqui não filho! Comparação infeliz!

  17. Samira 30.08.13 at 09:54 - Reply

    bebes ficam prontos em 9 meses e não precisa passar por qualificação. Pra ele sair bem feito vc só precisa se alimentar bem.

  18. Priscila 19.01.14 at 14:44 - Reply

    Fiz a dissertação e tive um bebê. Por mais que seja sofrido a dissertação, ter um bebê é a maior de todas as pós graduações!!!

  19. Débora 19.01.14 at 14:57 - Reply

    Hahaha só alguém que não tem filho para escrever um texto desses! É como se com o bebê todos os problemas se resolvessem sozinhos! Ter um bebê e criá-lo é a coisa mais difícil que fiz na vida, não tem a menor comparação com uma dissertação! rsrsrsrs

  20. Natallyanea 19.01.14 at 19:18 - Reply

    Gente, fiz os dois. Fiz um bebê enquanto escrevia. O bebê nasceu 3 meses depois de finalizada a dissertação. E vou dizer: escrever uma dissertação, se compararmos, é muito, muito, muito mais FÁCIL!

  21. Marcua 20.01.14 at 06:49 - Reply

    Gostaria de acrescentar que: tese tem prazo, uma vez concluída e defendida, mas filho não em cada etaoa de suas vidas demndam de nós uma participação diferente, mas não tem prazo p/ terminar . Tese não gera “tesinhas”, no máximo artigose que melhoram nosso lattes, filhos geram netos, umas coisas fofas que se apoderam de todo o seu tempo …. Kkkkk

  22. Jeyce 30.08.15 at 18:47 - Reply

    Eu tive que gerar na mesma época uma dissertação e um bebê. Fazendo uma comparação breve, a dissertação está na biblioteca e minha bebê aqui em casa! Se a questão é “ter menos trabalho” tenha só a dissertação!

    • Juliana 08.09.15 at 21:28 - Reply

      Compartilho da mesma experiência. O difícil foi escrever uma dissertação tendo que cuidar de um bebê.

  23. Marihh 30.08.15 at 18:59 - Reply

    É sério que tem gente levando a comparação à sério.??? Ô, gente !!! Site de criatividade e humor !!!….Leva a sério nada, não….
    Mil vezes um bebê, eu preferiria, no quesito comparação criativa e bem humorada !!
    Na real, mil vezes uma dissertação…embora, só fiz até hoje monografia, sei bem o que é e como é uma dissertação pq cheguei a ingressar num Mestrado, Mas, não quero de verdade nenhum dos dois: nem um bebê (pq é pra vida toda), nem uma dissertação (porque o meu interesse não dura o tempo necessário para a elaboração!!) Mesmo assim, adorei o texto bem humorado!

  24. Eugenio Bambamba 31.08.15 at 08:29 - Reply

    Eu acho que a mulher é que tem máxima certeza de que o bebe é dela pois todo mundo vê a sair do seu ventre o que não acontece para o homem pois na minha humilde opinião é supostamente dele querendo com isso dizer que prefiro uma disertação.

  25. Fátima silveira 02.09.15 at 11:09 - Reply

    Cara maluco comparar um bebê a uma dissertação. .. Mas de qualquer forma tudo que fizermos com amor da certo. E viva o bebê e viva a dissertação! !!!rsss

Leave A Comment