• Como desenvolver a habilidade de comunicação na ciência

O Rei da Pós-Graduação

Elaboramos os mandamentos do “rei da pós-graduação”.

1 – Primeiramente são as roupas né, você tem que andar todo engomadinho, de preferência algo mais social, você não vai para uma aula de doutorado parecendo um surfista, um bicho-grilo ou um “micróbio” de São Tomé das Letras.

2 – Carro é tudo né gente, é o sonho de consumo de qualquer pessoa em qualquer parte do mundo, por isso você entra num programa de financiamento, que pode ser 120 parcelas ou infinito, o que importa é ter o carro, um pós-graduando não pode ficar andando por ai a pé.

3 – Fazer pós–graduação tem que ser com bolsa, sem bolsa você é só mais um. Por isso que quando sai à bolsa você deve beber muita cerveja na república!

4 – A melhor bolsa é que tem taxa de bancada, se for FAPESP é muito melhor, é uma questão de status, ela te deixa em evidência, eleva a moral do pós-graduando, todo mundo paga pau para você!

5 – Publicar artigos somente em revistas boas, internacional e de alto fator de impacto, Qualis A1 de preferência. Eu gosto de publicar no posgraduando, mas se for NATURE tem um luxo, um glamour incomparável!

6 – Quando escolher um programa de pós-graduação procure um programa nota 7 da CAPES, assim você não se mistura com a ralé, é uma questão de status!

7 – Contato é tudo, então esteja sempre de bem com os professores, com todos eles, sua vida será muito mais simples, na aprovação de projeto de pesquisa, na qualificação e na defesa!

8 – Inglês e espanhol é básico, você tem que falar além desses, francês e alemão! E com a quantidade de artigos vindo da China é bom fazer aulas de mandarim também!

9 – Ter um aluno de iniciação cientifica para que você oriente é sempre muito bom, demostra responsabilidades, além de ter alguém que faça a parte pesada do seu trabalho.

9 – Quem está na pós-graduação tem que ter um currículo Lattes, se você não tiver não é legal, porque você tem que divulgar seus papers, seus congressos, seus projetos e suas patentes!

10 – O orientador tem que ser pesquisador 1 A do CNPQ, isso agrega valor ao doutorado, a pesquisa, aos artigos, agrega valor a tudo, é outro nível.

Quem não queria ser aluno de pós, ter uma bolsa, um orientador bom, publicar numa revista boa? Eu sei que muitos vão criticar, mas isso é inveja!

Agora vou contar uma coisa. É pesado! Não sei se devo! Tá bom vai, eu colei na prova de estatística, no banheiro, rs, deixei a cola lá, não sabia a diferença de Variância e do Desvio Padrão, rs.

By |2016-01-14T12:22:35+00:0002-12-2013|humor|4 Comments

About the Author:

Doutorando em Química. Escreve neste blog as quarta feiras concorrendo com o futebol! O conteúdo varia conforme o humor e as atividades da pós-graduação.

4 Comments

  1. Lauro 03.12.13 at 00:00 - Reply

    Muito bom, cara!!! Parabéns! Me diverti. Enquanto estava lendo, fui lembrando do sorriso totalmente falso e forçado daquele cara, que é rico financeiramente, porém pobre de espírito.

  2. Maria da Soledade 03.12.13 at 07:33 - Reply

    Marlon, muito bom o seu texto, morri de rir! Os itens 6 e 10 são os melhores rsrsrsrsrs

  3. Bruna 04.12.13 at 19:34 - Reply

    Ótimo o texto! Só fiquei em dúvida sobre qual dos números 9 é o melhor… 😉

  4. Angélica Weise 11.12.13 at 18:07 - Reply

    ótimo!!!!!!!!!

Leave A Comment