Como citar um tweet em trabalhos acadêmicos?

O assunto é polêmico. Afinal de contas, ainda existe uma grande resistência da academia em aceitar publicações da internet, seja devido à falta de revisão ou à possibilidade de publicar-se qualquer coisa, independentemente de sua veracidade. A internet, de maneira geral, ainda é vista no meio acadêmico com muita desconfiança.

Entretanto, mesmo o famoso sistema de avaliação por pares (que às vezes está mais para “ímpares”) não é isento de falhas. Prova disso é o número crescente de retratações em periódicos científicos que estamos assistindo nos últimos anos.

E não são todas as publicações da internet que são isentas de revisão. Aqui no posgraduando.com, por exemplo, qualquer erro ou tema polêmico é imediatamente corrigido ou debatido por nossos leitores na área de comentários (imagine o que acontece em um site em que o público-alvo são os pós-graduandos!).

Mas nem toda ciência é experimental. Algumas ciências da área de humanidades estudam comportamentos, redes sociais, internet, etc. E algumas informações são publicadas primeiro no Twitter ou até mesmo exclusivamente no Twitter. Assim, surge uma necessidade da academia de, veja só, fazer referências a tweets.

Pensando nisso, a Modern Language Association (MLA) concebeu um formato padrão para a citação de tweets, da seguinte forma:

Sobrenome, Nome. (NomeDeUsuário). “Texto do tweet”. Data, Horário. Tweet.

Exemplo:

Alves, Vanessa (Vanessa_CI). “♪ É hoje que eu só durmo amanhã… é hoje que eu só durmo amanhã… lalalala ♪ Vida de @posgraduando”. 28 de Fevereiro de 2012, 20:52 pm. Tweet.

No sistema da ABNT, que ainda não normatizou especificamente os tweets (na ABNT 6023 é possível encontrar a seguinte nota “Não se recomenda referenciar material eletrônico de curta duração nas redes.”), a referência da MLA provavelmente ficaria algo como:

ALVES, Vanessa. (Vanessa_CI). “♪ É hoje que eu só durmo amanhã… é hoje que eu só durmo amanhã… lalalala ♪ Vida de @posgraduando”. 28 fev. 2012, 20:52 pm. Tweet.

Repare que nesta proposta de normatização da MLA a data e horário são da publicação do tweet, então do acesso a ele. Entretanto, leitores em diferentes fusos horários irão ver horários de publicação diferentes em um mesmo tweet. Assim, a data e a hora são apenas aproximadas e servem de guia para comparar com precisão o tempo entre vários tweets.

Particularmente, sinto falta nesta proposta da MLA de um link para o tweet, já que é muito trabalhoso encontrar no Twitter algo que foi publicado há mais de dois dias, por exemplo.

O que a ABNT diz a respeito
Segunda a ABNT, a norma NBR 6023 – Referências – Elaboração está em fase de revisão e, na nova edição, será abordado o Twitter e demais documentos postados eletronicamente como fontes de informação.

Por ora, não há nada oficial, entretanto, sugere-se o que segue:

SOBRENOME DO AUTOR, Inicial(is) do(s) Prenome(s) do Autor. Texto da mensagem. Local, data (com dia, mês abreviado e ano). Twitter: @xyzkdl. Disponível em: http://twitter.com/%&/xxxxxxx. Acesso em: dia mês abreviado ano.

. . .

[Sugestão de pauta enviada por Cíntia Lopes]

By |2016-01-19T16:09:46+00:0006-03-2012|debates, guia|16 Comments

About the Author:

Criador e editor de conteúdo do blog, é portador de uma imaginação hiperativa e de uma necessidade patológica de estar sempre bem-humorado. Acredita que a Pós-Graduação, como tudo na vida, pode ser interessante, divertida e descomplicada.

16 Comments

  1. Felipe P. Carpes 06.03.12 at 10:46 - Reply

    Fala sério.

  2. Jadson Belem de Moura 06.03.12 at 10:56 - Reply

    É serio isso? rs

  3. Sanclayver Araújo 06.03.12 at 10:58 - Reply

    Muito legal. Parabéns pela reportagem

  4. Claudioudi 06.03.12 at 11:40 - Reply

    A resistência no início é normal, mas acho ser uma tendência natural cada vez mais usufruir da internet. É lógico que não será citada qualquer coisa, cabe a quem fez a pesquisa selecionar bem suas referências. Ao meu ver, tá tudo certo…

  5. Italo Torres 06.03.12 at 12:22 - Reply

    E não entra o link direto para o tweet? Em páginas da internet pede-se o link.
    Achei controverso também pelo fato de que o Twitter nãoa rquiva tweets mais antigos, acho que somente os ultimos 9mil, depois disso como iremos dizer que isto é uma fonte se não estará mais lá?

  6. Erick Fonseca 06.03.12 at 12:24 - Reply

    Muito interessante!
    Mas falando em corrigir erros, corrijam o “twett” que foi escrito no texto!

  7. Isaac Calaça 06.03.12 at 20:20 - Reply

    De todo modo, já que o twitter fornece permalinks, é sempre possível utilizar a 6023 para citar tweets como se fossem uma página de internet comum (“Documento de acesso exclusivo em meio eletrônico” – seção 7.17 da norma). Há ainda a necessidade de realizar escolhas quanto ao título do tweet (e isso provavelmente e resolvido considerando o texto completo do tweet como título) e quanto ao nome do autor (deve-se usar o nome indicado pelo autor ou o nome de usuário [com @]? Ou os dois?). Provavelmente, dado que a muitas instituições exigem o uso das regras da ABNT para elaboração das referências e misturar regras acaba afetando a regularidade (sem trocadilho 🙂 ) do trabalho, é melhor utilizar a 6023 para citar tweets, mantendo a consistência das escolhas quanto a títulos e nomes dos autores.

    A própria norma oferece possibilidades de adaptação às mudanças tecnológicas através de princípios como o da seção 3.9, que informa que referência é “Conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um documento, que permite sua identificação
    individual”. Ou seja: desde que se consiga permitir a identificação individual do documento, com o uso dos elementos padronizados dispostos pela norma, quase tudo vale.

  8. Isaac Calaça 06.03.12 at 20:31 - Reply

    E um adendo: ainda há esperança para os tweets inacessíveis. A Biblioteca do Congresso tem estocado os tweets e, no futuro, deverá ser possível recorrera ela para acesso a eles. 

  9. Glosvalda 10.03.12 at 22:47 - Reply

    Pois é, a ABN vai ter que reconhecer o twitter em suas citações bibliográficas,,,e eu dou a maior força!

  10. praticadapesquisa 19.03.12 at 15:32 - Reply

    Prezados,

    Não excluo por completo a possibilidade “citar” tweets em
    trabalhos científicos. Afinal, no caminho da pesquisa e da investigação crítica
    “é proibido proibir” (sem que se apresentem argumentos). Mas, considero a citação de um tweet uma hipótese muito rara. Cabe lembrar que
    citar, não é apenas mencionar a referência de um determinado conteúdo, é
    trazer o conteúdo para o trabalho. O texto de um tweet é limitado a 140
    caracteres, o que impossibilita registrar considerações mais detalhadas e
    consistentes sobre qualquer assunto (não terminei este texto e já
    estourei longe com 528 caracteres – com espaços). É preciso considerar também
    que a maioria dos tweets não trazem conteúdos em si. São apenas “chamadas” com
    links para outros sítios, estes sim, com textos e conteúdos. Portanto, avalie
    muito bem a questão antes de citar um tweet em um trabalho científico.  
    Questão similar é a citação de conteúdos da Wikipédia.

    Prof. Alejandro Knaesel Arrabal

    • posgraduando 19.03.12 at 18:23 - Reply

      Prof. Alejandro,
      Também acho que a citação de tweets deve ser realizada com critério e bom senso.
      Como trabalho com pesquisa exprimental, confesso que tinha até um pouco de preconceito com citações deste tipo.
      Entretanto, uma de nossas seguidoras no Facebook me explicou que estava desenvolvendo uma dissertação sobre os perfis fakes em redes sociais, analisando-os como um gênero retórico.
      Imagine uma pesquisa deste tipo sem poder citar tweets…

      • praticadapesquisa 19.03.12 at 19:29 - Reply

        Maravilha. Concordo perfeitamente. Neste caso, a citação de tweets é perfeitamente adequada.

  11. Publio Athayde 21.03.12 at 04:26 - Reply

    Há apenas um problema na forma proposta para o modelo ABNT: tweet não tem URL de acesso disponível para ser mencionada! (Não que eu saiba!) A forma de referência adotada pela Modern Language Association (MLA) está adaptado no artigo:
    Como citar um tweet em trabalho acadêmico?

  12. Jbanana 27.07.12 at 21:39 - Reply

    Pergunto…. como citar um dos mundos virtuais do Second Life, por exemplo???
    Criei a minha própria citação em minha dissertação de mestrado…
    Alguma sugestão?

  13. Larissa 02.07.13 at 13:31 - Reply

    Alguém sabe como citar paginas do facebook nas referencias? trata-se de um artigo sobre a produção de dois suplementos de jornais e suas atividades na fan page também foram consideradas!

  14. Carlos Eduardo Paes Tedeucci 18.10.17 at 11:23 - Reply

    É importante levar em conta a condição de algumas contas oficiais. Por exemplo, presidentes… Trump é um que quebra constantemente protocolos neste sentido. Trabalhos que envolvam linguagem e/ou comportamento verbal irão checar quaisquer fontes onde tais fenômenos estejam ocorrendo. O Prof. Arrabal citou que o twitter” impossibilita registrar considerações mais detalhadas e consistentes sobre qualquer assunto”, quando talvez desconheça os estudos sobre processamento de linguagem natural, o Twitter Analytics e Marketing digital e estatística (vide análise de dados exploratória), porque o levantamento de padrões pode ser feito com a mais diversas técnicas. A ABNT é uma vergonha, sempre atrasada, sempre tudo muito difícil.

Leave A Comment