As dez maiores mentiras contadas na pós-graduação

1. “Minhas perspectivas de emprego são muito boas”.

2. “A faculdade está me dando muito apoio”.

3. “Eu só tenho mais um livro para ler e então vou começar a escrever”.

4. “Recusei várias ofertas de emprego para estar aqui”.

5. “Vou fazer a pós-graduação em apenas dois anos”.

6. “Não vou mais deixar os trabalhos para a última hora”.

7. “Tenho certeza que os dados estão corretos”.

8. “Meu trabalho tem muita importância prática”.

9. “Esse semestre vou estudar mais”.

10. “Saber que meu colega de faculdade ganha R$ 10.000,00/mês em uma multinacional não me incomoda”.

Adaptado de: Getting In To Grad School

By |2016-01-19T15:41:54+00:0017-06-2010|humor|9 Comments

About the Author:

Criador e editor de conteúdo do blog, é portador de uma imaginação hiperativa e de uma necessidade patológica de estar sempre bem-humorado. Acredita que a Pós-Graduação, como tudo na vida, pode ser interessante, divertida e descomplicada.

9 Comments

  1. Marina 17.06.10 at 08:56 - Reply

    Saber que meu colega ganha 10 mil por mês numa multinacional não me incomoda é basicamente um mantra que a gente internaliza.

  2. Ricardo Oliveira 17.06.10 at 12:11 - Reply

    “Eu só tenho mais um livro para ler e então vou começar a escrever”

    isso é trauma.

  3. Jailson Pacheco 18.06.10 at 06:55 - Reply

    Eu sou o “teu amigo que ganha 10 mil por mês na multinacional”, e com certeza, nas nossas rodas de conversa com outros executivos, sentimos inveja dos nossos amigos que não se rendem ao dinheiro e fazem o que gostam, estudando um tema de extrema relevância e, principalmente, seguindo seus ideais.
    Não se preocupe, pois pensamos, por exemplo, que vocês são felizes, visto que não há a pressão de que um contrato não seja renovado para o ano seguinte, implicando em cortes de gastos e, com isso, cortes de empregos.
    Brincadeiras a parte, a pós graduação tem muitas coisas em comum com o mundo coorporativo.
    Parabéns pela sua iniciativa, adoro o humor que aparece aqui.
    Abraços
    @jailsonrp

  4. Marisa 19.06.10 at 15:08 - Reply

    A-D-O-R-E-I!!!!
    Muito bom esse post!

  5. Joaquim Costa 21.06.10 at 22:35 - Reply

    e quem não faz pós graduação e não entende, onde acha a explicação?

  6. Viniciuscamposs 28.01.12 at 19:44 - Reply

    ADICIONARIA O 11° – “SEU ORIENTADOR ACEITARÁ SUA TESE SEM CORREÇÕES”.

  7. silvio 31.01.12 at 21:06 - Reply

    colega que ganha 10 mil por que acabou de sair da universidade essa é boa. quase todos ainda estao na fase de puxa saco dos mais sntigos nas empresas como tao ganhando 10 mil por mes, sem contar que a maioria nem usar o registro do crea,ou seja, nem é engenheiro.
    rsrsrsrsrs……..

  8. Paolo Buscarinni 03.08.13 at 10:10 - Reply

    E aquela então: saber que aquele seu amigo que fez bacharelado numa instituição muito mais chinfrim que aquela maravilhosa que você se “esguelou” de tanto estudar para o vestibular e, quando conseguiu entrar, ele já estava terminando o lato sensu numa instituição mais chinfrim ainda, e hoje ele tem livros e artigos publicados, já tem pós-doutorado e chefia departamento numa instituição que pode não ter o renome daquela a qual você está, mas vem em segundo lugar no ranking… e quando você vai pedir aulas pra ele lá, ele vem com aquela história: “olha, não dá, aqui só contrata com doutorado defendido, anos de experiência em docência e livro publicado” contrariando aquela antiga promessa que ele fez “entra no mestrado que eu te encaixo aqui”… mas isso não te incomoda né? Tem que investir no seu projeto pessoal e esquecer os outros, além do que, em poucos anos seu titulo será muito mais forte que o dele, obtido numa instituição de segunda categoria…

Leave A Comment