• As bebidas e os orientadores...

As bebidas e os orientadores…

Se você pudesse classificar seu orientador como um tipo de bebida, qual ele seria?

Orientador Água Mineral

É aquela coisa sem graça, mas todos dizem que ele é muito importante, que sua área de pesquisa é essencial. Você não se sente estimulado para continuar ali e se pergunta: Por que eu estou aqui se tem tanta coisa melhor por aí? E apesar de tudo isso, você insiste porque sabe que será isso lhe trará muitos benefícios no futuro.

Orientador Cerveja

É o popular! Está em todo lugar e todo mundo gosta. É assunto na rodinha dos alunos e é considerado o “amigão” da galera. Esse tipo de orientador não vai implicar se você ficar de ressaca e não aparecer logo cedo no laboratório. Aliás, é bem provável que essa bebedeira ocorra na companhia dele. Apesar do jeito “pop”, ele pode variar do mais simples até o mais requintado, que corresponde às exigências internacionais.

Orientador Champagne

É aquele que já rodou o mundo com o seu trabalho. Fez Doutorado e uns 5 Pós-Doc fora do país, nas melhores universidade do mundo. Fala vários idiomas e é extremamente seletivo com seus alunos. Dificilmente vai admitir um aluno com um Lattes “meia-boca”. No caso de IC, dá preferência aos alunos que tem alguma experiência internacional (Lembre-se: Tem muita Cidra por aí que se acha champagne. Fique atento!).

Orientador Campari

Poucas pessoas tem coragem de encarar, mas os que gostam não trocam por nada. Apesar de ser muito amargo, sempre tem solução: nada que um suco de laranja ou um pouco de energético não ajude a adoçar. Ou seja, competência e comprometimento com o trabalho podem acabar com a amargura desse tipo de orientador.

Orientador Vodka

Você se anima, pois esse orientador é bem atrativo. No começo parece que trabalhar com ele será muito promissor mas, no final, sobra uma baita dor de cabeça e aquela velha promessa: “Eu nunca mais vou fazer isso!”. Nesse momento a escolha entre vodka e água de coco faz muita diferença.

Orientador Absinto

Parece lenda, mas ele existe. É raro de se encontrar e deixa uma marca em quem consegue alcançá-lo. É forte e a maioria tem medo do contato com esse tipo de orientador. Ele é muito conhecido e causa muito impacto na sua área de pesquisa, mas para ser orientado por ele precisa de um Lattes “sucesso”. Não é pra qualquer um!

Orientador Drink “Capeta”

(ou qualquer mistura desconhecida de festa de república)

Como a bebida, esse orientador está muito acessível. Mas, caros amigos, nem tudo que é prático é o melhor.

Ele parece muito conveniente para você que tem um Lattes fraquinho, e é aí que você entra na cilada: esse orientador vai sugar a sua vida e você será aterrorizado pelo seu efeito por muito tempo. Se prepare …. TRAUMÁTICO!

E você, já tomou um porre de algum desses?

By |2018-12-06T01:56:36+00:0012-08-2013|humor|16 Comments

About the Author:

É Licenciada em Ciências da Natureza (USP) e Mestre em Ciências (UNIFESP). Atualmente é Doutoranda do Programa de Ciência dos Materiais na UNESP de Ilha Solteira. Publica seus textos toda sexta-feira (ou quando a pós-graduação deixa).

16 Comments

  1. Raiana Lira Cabral 12.08.13 at 14:15 - Reply

    Muito bom Bianca!!!! Ri horrores e super acho que tem muita cidra se achando Champagne francês viu…

  2. Adorei Bianca! Ri muito!!! O orientador vodka também pode ser definido como a “pegadinha do malandro”….

  3. Brilhante, Bianca!! Adorei! Todos estão ótimos, mas o Vodka (“Eu nunca mais vou fazer isso!”) e o Drink Capeta (“nem tudo que é prático é o melhor” hahaha!) são os melhores!!

  4. Julia Rafalski 12.08.13 at 20:42 - Reply

    Meu orientador é uma bebida bem específica: CHÁ DE SUMIÇO!
    Todo mundo que encontra comigo me pergunta sobre ele. O problema é que as pessoas ainda não entenderam que eu também não sei onde ele está. ¬¬

    • Bianca Trama 13.08.13 at 15:39 - Reply

      Nossa… faltou o Chá de sumiço mesmo! Um tipo clássico de orientador…

  5. Parabéns pelo texto, Bianca. Ri demais aqui, e concordo com vc sobre as Cidras da vida hahaha.

  6. Renan 13.08.13 at 15:58 - Reply

    ORIENTADOR VINHO

    Sábio, quanto mais o tempo passa, mais sofisticado e intelectual ele fica. Você não precisa tomar muito dele para ficar satisfeito, basta degustar. Poucos minutos de conversa te abrirão caminhos para a pesquisa. Como todo vinho, precisa ficar armazenado uns 3 anos e com isso desaparece da universidade, mas quando volta tem muitas histórias para contar e livros para publicar. Mas tome cuidado, há vinhos suaves que te deixarão com uma baita dor de cabeça.

  7. Imilena Oliveira 13.08.13 at 16:42 - Reply

    Não sei onde o meu se encaixa rsrsrrsrs

  8. Cristina 13.08.13 at 16:55 - Reply

    Exatamente isso gente! Meu orientador é o vodka. Na hora que me ofereceram “vodka ou água de coco” p? mim fazia tdo sentido escolher a vodka: me lasquei. Morrendo com o temperamento “lunar” da criatura

  9. Thamara 13.08.13 at 19:02 - Reply

    Tomei vários porres desse drink capeta ou para me recuperar dele! kkkkk.
    PS: É do capeta mesmo!!

  10. Maria Clara 14.08.13 at 13:50 - Reply

    Bianca, gostei mesmo dos tipos de orientadores. Como não achei um muito específico pra enquadrar o meu, criei um “subtipo” de vinho que é a cara dele! Aí vai!!

    Orientador vinho tinto seco
    Se você não está acostumado com este tipo, pode até estranhar um pouco no início, pois ele pode parecer meio “travoso” e só alguns poucos alunos tem mais afinidade com ele. No entanto, à medida em que o tempo passa, você percebe que é só questão de adaptação e que, na verdade, trata-se de uma pessoa dedicada e que faz o possível para você crescer dentro do seu ambiente de trabalho e como pessoa, mesmo que às vezes algumas coisas “desçam meio torto”. É aquele tipo que, depois que passa o choque inicial de personalidade, você vai querer tê-lo presente em todas as festas do seu laboratório e como um amigo, porque é uma pessoa divertida e com um papo cabeça. No final das contas, é muito difícil de largar, mas é preciso descobrir novas combinações para apreciar…

  11. wilson 14.08.13 at 20:28 - Reply

    mt bom!!

  12. Aline Ouriques 15.08.13 at 10:53 - Reply

    Adorei! Adoro o seu blog! Muito interessante, informativo e engraçado, nós pós-graduandos precisamos saber sorrir das nossas dores rs!

  13. Jéssica 15.08.13 at 19:00 - Reply

    A minha é um drink do capeta a base de vodka… TRAUMA ETERNO…

  14. Eduardo 15.08.13 at 22:37 - Reply

    A minha é bem champanhe… mas adoro ela!

  15. Patricia Irish 23.05.14 at 23:22 - Reply

    Excelente texto!!! Ri muitíssimo.
    E o orientador catuaba, no começo é doce, mas no final dá uma dor de cabeça dos diabos.
    Só pra ressaltar: a minha orientadora é uma ótima pessoa, nada mais!!! srsrs

Leave A Comment