5 dicas para dominar o jargão acadêmico em inglês

Dominar a linguagem acadêmica não é fácil, ainda mais em uma língua estrangeira. A tarefa é inevitável se você quer divulgar sua pesquisa no exterior ou fazer um intercâmbio acadêmico. Neste post, vamos citar algumas das frases mais comuns usadas em artigos em inglês:

1 – Certifique-se sobre o domínio do vocabulário formal

Os cursos de inglês em geral focam na linguagem do dia-a-dia, dando uma grande ênfase à conversação. Ao escrever academicamente, você terá que trabalhar uma outra área do seu vocabulário. Um ótimo exemplo disso é o verbo shall, um verbo que seria mais apropriado saindo da boca de um membro da aristocracia britânica. Mas na escrita acadêmica, ele é uma boa maneira de introduzir o seu tópico:

[EN] In this essay / paper / thesis I shall examine/investigate/evaluate/analyze…[PT] Nesta redação / tese / dissertação será examinado(a)/ investigado(a)/ avaliado(a)…

2 – Usando a primeira pessoa

Você pode notar que no exemplo anterior usamos a primeira pessoa, o que não seria adequado para a academia brasileira. Na academia de língua inglesa a forma é aceita e é uma boa maneira de conectar aspectos da sua pesquisa. Alguns exemplos:

[EN] Let us now analyze / turn to / examine…[PT] Examina-se / Analisa-se agora…

[EN] It is now clear that… . Let us turn our attention to…[PT] Está claro que… .A atenção agora se volta para…

[EN] Our purpose is to…[PT] Nosso propósito é…

3 – Dando opiniões

Dar opiniões também é uma possibilidade na academia de língua inglesa, mas é bom ter cautela ao usar esse recurso. Como qualquer trabalho acadêmico, a sua opinião deve estar fortemente embasada em dados coletados através da sua pesquisa e na literatura especializada. Com isso em mente, não há motivo para evitar estruturas frasais como:

[EN] I believe that there are several reasons. Firstly,… Secondly…[PT] Acredita-se que existem muitas razões. Primeiro,…segundo,…

4 – Abreviações

Em geral, as abreviações acadêmicas em inglês não diferem tanto das que usamos no português. Et cetera (etc), id est (i.e.), coluna (col.), edição (ed.), são usadas em ambas as línguas. Ressaltamos abaixo algumas diferenças:

[EN] e.g. (exempli gratia)[PT] p.ex. (por exemplo)

[EN] ch. (chapter)[PT] cap. (capítulo)

[EN] ca. (circa)[PT] cerca

5 – Finalizando

Ao concluir o seu texto, é bom ter em mente algumas construções frasais bastante comuns:

[EN] The foregoing discussion has attempted to…[PT] A prévia discussão buscou…

[EN] On balance…[PT] Recapitulando, …

[EN] By and large…[PT] De modo geral, …

[EN] All in all…[PT] Em síntese, …

Como tudo relacionado à escrita, só a prática leva à perfeição. Para ajudar pesquisadores se aventurando na escrita em idiomas estrangeiros, o portal de línguas bab.la criou o Guia de Frases Acadêmicas, que possui centenas de exemplos de termos acadêmicos em inglês, espanhol, francês, alemão e outras 15 línguas.

Texto escrito por Laís Clemente, mestranda em Jornalismo Internacional e Online na Universidade de Salford, no Reino Unido. Trabalha com tradução do português para inglês e espanhol no portal alemão de línguas bab.la

By |2018-12-06T01:56:20+00:0017-07-2014|guia|4 Comments

About the Author:

O posgraduando.com é um espaço na internet para troca de experiências, opiniões, depoimentos, dicas, tutoriais, humor e debates saudáveis sobre o meio acadêmico. Para participar também, leia nossas instruções aos colaboradores.

4 Comments

  1. Gabriela Soltes 17.07.14 at 23:02 - Reply

    Adoreiiiii

  2. MELCA 18.07.14 at 10:25 - Reply

    Adorei as dicas !!!! Obrigada!

  3. Caio 19.07.14 at 16:38 - Reply

    Poxa, finalmente descobri o que quer dizer e.g. =D

  4. Ótimas dicas a quem escreve ou precisa escrever um artigo! Poucos orientadores explicam a seus orientandos, como usar essas expressões em português (que dirá na língua inglesa….). Parabéns ao coordenador do site bem como aos colaboradores!

Leave A Comment