Pérolas do Currículo Lattes

A Plataforma Lattes é um sistema do CNPq que armazena currículos de pesquisadores, acadêmicos e instituições de Ciência e Tecnologia de todo Brasil. Além de ser a principal referência em processos seletivos para bolsas, cursos de mestrado, cursos de doutorados e concursos públicos, visa também fortalecer o intercâmbio entre pesquisadores e instituições e servir como fonte de informações para estudos e pesquisas. Na medida em que essas informações são recorrentes e cumulativas, a Plataforma Lattes ajuda a preservar a memória da atividade de pesquisa no país.

Entretanto, grande parte da população, infelizmente, não conhece a finalidade da Plataforma Lattes e em meio a tantas novas redes sociais que brotam todos os dias, acabam confundindo as finalidades e criando currículos, digamos, bem diferentes dos padrões acadêmicos.

Não que as palavras abaixo não sejam fofas e até sejam “bonitinhas” em alguns casos. Mas se você pensar na finalidade da Plataforma é possível enxergar o quanto estão fora do propósito inicial. Aos mais incrédulos, afirmamos que todos os currículos são verdadeiros, extraídos da Plataforma Lattes e enviados para o site por nossos leitores. Mesmo que as informações sejam públicas, as identificações foram retiradas para preservar seus respectivos proprietários.

currículo lattes
currículo lattes
currículo lattes
currículo lattes
currículo lattes
currículo lattes
currículo lattes
currículo lattes
By |2018-12-06T01:56:47+00:0023-04-2012|humor|215 Comments

About the Author:

Criador e editor de conteúdo do blog, é portador de uma imaginação hiperativa e de uma necessidade patológica de estar sempre bem-humorado. Acredita que a Pós-Graduação, como tudo na vida, pode ser interessante, divertida e descomplicada.

215 Comments

  1. Luis Aramis 23.04.12 at 16:12 - Reply

    Ai, meu bagos …

  2. Poema Eurístenes 23.04.12 at 16:12 - Reply

    “Sou bastante criativo e acadêmico”.
    Eu também sou bastante acadêmico, seja lá o que for isso.

    • Raquel 23.04.12 at 19:29 - Reply

      oras, é quem vive na academia (malhando o corpo ou a mente, aí eu já não sei) rs

      • Ricardo Guimaraes 10.01.13 at 20:40 - Reply

        Com certeza é o corpo somente, a mente deve ter sido exercitada somente no dia 30 de fevereiro

        • Luciana Lima Asc 20.05.13 at 21:04 - Reply

          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk PQP! esse povo não pode tá falando sério!

    • É quem vive em meio Acadêmico, no caso dele ai, vive de acordo com a teoria aprendida na faculdade…resumindo, no meu trampo a gente chama de chato!! 

      • Leonardo 18.04.13 at 22:12 - Reply

        amigo, vc ñ sabe o conceito de sarcasmo, né?

        • Aluisio Ramos 27.04.13 at 10:25 - Reply

          Você ta exigindo muito de quem se refere ao serviço/trabalho/emprego de “trampo”

          • Ignorante 22.07.13 at 17:20

            Preconceito linguistico não dá, amigo. Tente se portar como o acadêmico que suas titulações sugerem.

    • André Luiz 09.04.13 at 00:17 - Reply

      Ora… Todos sabemos que uma pessoa acadêmica é aquela que vive na cadência do samba. Seja dos Acadêmicos do Tatuapé, do Tucuruvi ou do Salgueiro, tenhamos a certeza de que esse profissional, além de criativo, tem muito samba no pé.

      • Luciana Lima Asc 20.05.13 at 21:06 - Reply

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk quase nada sarcástico ..

      • Maíra 06.11.13 at 20:11 - Reply

        Melhor resposta até agora sobre “ser acadêmico”! hahahaha

      • Francisco 23.02.14 at 20:58 - Reply

        Boaaaaa!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Karen 03.07.14 at 00:00 - Reply

        Hahahahahahahaha concordo!!! Melhor definição que já vi sobre ser uma pessoa “acadêmica”!!! hahahahahaha

    • Paula Bermudez 17.02.14 at 17:35 - Reply

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Morri com esse comentário de baixo!

  3. Luiza Soares 23.04.12 at 16:13 - Reply

    hahahahahhahahahahhahahahahhahahahhahahah

  4. Luiza Soares 23.04.12 at 16:13 - Reply

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. Rodrigues, R.S. 23.04.12 at 16:14 - Reply

    Aff!

  6. Vicamattoso 23.04.12 at 16:22 - Reply

    hehehehe
    vcs deviam ter deixado os cursos legíveis!! kkkk 

  7. VascoMC 23.04.12 at 16:28 - Reply

    essa “orkutização” do lattes é osso.

  8. Claudia Mesquita 23.04.12 at 16:35 - Reply

    hahahahahahahahaha
    Tenho medo dessa gente

  9. Oh o meu ali =Z … brincadeira. Alguns destes já são clássicos. E outros, pelo que se vê, são considerados como um CV, do tipo em que você deve se descrever. hehehe

    • Érica Bispo 23.04.12 at 17:22 - Reply

      Eu não sabia que já eram clássicas essas apresentações!
      Tô chocada!

  10. Professor de federal 23.04.12 at 16:39 - Reply

    Que horror!!!!! ahahahahahahaahahahahahahahahahahaha

  11. Eliezer Silva 23.04.12 at 16:39 - Reply

    ensino fundamental interrompido em …. 

    • Jackson Benete 20.05.14 at 18:18 - Reply

      Realmente não sei qual é o problema na interrupção do ensino fundamental.
      Aos meus 13 anos parei de estudar para trabalhar.
      Tive que correr atrás para recuperar o que foi perdido e hoje levo o meu mestrado em exatas na Federal com muita tranquilidade.
      Eu só acho que ele não precisava citar isso no lattes, mas você não sabe da vida do cara para julgar a interrupção de seus estudos.

  12. Danielle Lopes 23.04.12 at 16:42 - Reply

    Que ridículo!

  13. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  14. Marifragoso 23.04.12 at 17:00 - Reply

    aiaiai nao acredito! kkkkkk

  15. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  16. Érica Bispo 23.04.12 at 17:20 - Reply

    Só faltou dizer assim: “procuro relacionamentos baseados na confiança”…

    E eu achava que meu Lattes era fraco.

    • Fatima Pereira 25.04.12 at 09:25 - Reply

      Amore!!!! 
      Lattes de Doutora fraco?
      Tá doida?

  17. Danilo Luz Junior 23.04.12 at 17:20 - Reply

    Putz.. “Universidade Federal” ?? ahhaha

  18. Vanessa 23.04.12 at 17:22 - Reply

    onde estão os professores, orientadores dessas pessoas em uma hora dessas? Por que eles ainda não sabem o que é a Plataforma Lattes apesar de estarem na academia? Acho que a falha  não é apenas dos alunos “desavisados”.

    • Adriana Felippe 08.07.12 at 11:00 - Reply

      concordo com vc.! um termômetro assustador.

    • Josemar Faustino 12.01.13 at 10:43 - Reply

      Quem é que iria orientar essas crianças?… no way… kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Queiroz 11.04.13 at 15:37 - Reply

      Essa academia aí é outra!

    • Paula Regina 19.03.14 at 17:00 - Reply

      Se eu não sei como algo funciona e não tenho alguém que ensine, vou correr atrás, “dar os meus pulos”.
      O problema é que hoje em dia tem que pegar pela mãozinha, senão não sai.

  19. Rafael M 23.04.12 at 18:03 - Reply

    HEAHHEHAHE 

  20. Andre Schwartz 23.04.12 at 18:10 - Reply

    “Grande parte da população”???
    Exagerou heim!
    (qual a metodologia de pesquisa para tal afirmação?qual amostragem? rs)
    Mas é divertido o texto!!!

  21. Tatiele da Cunha Freitas 23.04.12 at 18:30 - Reply

    Acho eh poko! Tomara que o lattes vire ofacebook da academia, porque aí pelo menos terá a função de divertir as pessoas huahauhua o/

    • Profi 23.04.12 at 20:10 - Reply

      tu não sabe a importância do lattes, não fale essa m …
      se achou ruim, tenta cadastrar seu projeto de pesquisa, seja qual for o nivel com aquelas apresentações do texto inicial… tem menina brincando de paquita no lattes, isso é coisa séria, por isso somos 85 no ranking da educação, seu comentário não me assustou muito!
      a culpa tambem são dos seus pais pela educação que vc teve !!

      • Brascubas72 24.04.12 at 08:14 - Reply

        “A culpa são” — nossa! Parece que ainda dá para baixar de 85° lugar!

      • Ops 05.05.12 at 00:17 - Reply

        : (Se) tu (?) não sabe a importância do Lattes, não fale essa m…
        Se achou ruim, tent(e) cadastrar seu projeto de pesquisa, seja qual for o nível (deste), (a exemplo das) apresentações do texto inicial…(T)em menina brincando de paquita (?) no Lattes: isto é coisa (coisa??) séria. Por isso somos (apenas) o 85º (país) no ranking da educação. O seu comentário ( não??) me assustou muito! A culpa também (é) dos seus pais, pela educação que vc (recebeu)!! Profi, sugiro revisar mas algumas vezes… e rever o seu perfil no FB!

        • OPPS? 23.11.16 at 10:14 - Reply

          Mais* algumas vezes, né? Não adianta corrigir o texto inteiro mas não saber a diferença de /mas/ e /mais/.

      • Mateus Fornasier 03.07.12 at 13:35 - Reply

        A orkutização do lattes reflete a falta de seriedade não apenas dos alunos, mas também dos professores e das bancas de seleção… Todos sabem que não é o lattes que ocasiona a seleção, mas o clientelismo e as relações interpessoais. 

        A academia no Brasil está em 85a no ranking TAMBÉM por causa disso – e as bobagens acima são apenas reflexo do DESAFORO que os acadêmicos cometem contra o conhecimento.

        • Tatielefreitas 24.07.12 at 14:08 - Reply

          Totalmente de acordo, Mateus. Eu posso haver me expressado mal, no entanto, critico o que você, muito bem, expõe.

      • Tatielefreitas 24.07.12 at 14:05 - Reply

        Essa importância supervalorizada do lattes é o resultado de “pérolas” como essa. É isso que eu critico e vou continuar criticando toda a minha vida. É mais importante ter duas linhas no lattes, e as pessoas matam por isso, do que ter conhecimento na área que se estuda. Eu ir a 3.500 eventos, desde a premiação do cachorro da vizinha até o evento internacional de um professor “internacional” convidado, vale muito mais do que a dedicação e a qualidade das minhas pesquisas. Vou continuar criticando isso mesmo e só vou observar essas pérolas massificarem com o passar do tempo.

        • Carol Vipi 04.10.12 at 21:39 - Reply

          Cara, não entendi pq você disse que ir à eventos vale mais que se dedicar à sua pesquisa. Até onde eu sei, quem utiliza o lattes como forma de seleção (para entrada em pós graduação, concurso, etc) não olha quantas páginas você tem, mas o quê de cada coisa você tem. E até onde eu sei, ir à eventos sempre contou muito menos pontos do que artigos científicos (que são produzidos à partir da sua séria dedicação à pesquisa).

        • gabriela 18.07.14 at 12:24 - Reply

          Ao meu ver, o Lattes está um comércio. Onde muitos pesquisadores fazem “panelinhas” de co-autorias de trabalhos para ter um bom Lattes, mas na verdade não participaram de nem metade.

    • Rogério dos Santos Munhoz 30.07.13 at 16:30 - Reply

      A Plataforma Lattes não é algo para ser divertido, a não ser para quem não leva a educação a sério. A “Orkutização” do Lattes é assustadora, mas não mais do que o seu comentário.

  22. Igor J. Viana 23.04.12 at 19:05 - Reply

    Isso é sério? hahahaha

  23. amt 23.04.12 at 19:18 - Reply

    os parecerista pira

  24. Moana 23.04.12 at 19:41 - Reply

    Acho que o lattes devia dar a opção de colocar “solteiro” e te permitir buscar entre os solteiros em diferentes áreas… hahahahahaha 
    Procure um namorado entre doutorandos de física, ou se preferir, pós-docs em sociais.  

    • Fazendonada 24.04.12 at 21:26 - Reply

      Evite os pós-docs das sociais, eles vão acabar te criticando também…

      • Ale Caramelo 05.10.12 at 01:28 - Reply

        Rsrsrs …é verdade, conheço um !!

      • Wilson Badaró 15.01.17 at 07:14 - Reply

        E qual o problema com a crítica? Não é ela quem move a ciência? Imagina se os grandes pensadores e mentes humanas houvessem se conformado com o nível de conhecimento e tecnologias oferecidos em seu tempo sem exercer a crítica e a consequente revisão sobre o conhecimento dado então? Agora mesmo, esta discussão e minha crítica positiva, no sentido de sugerir uma revisão de seu conceito sobre a noção de crítica per se seria impossível, ao passo que não teríamos redes sociais, por exemplo…

    • Dudu 13.07.12 at 22:45 - Reply

      Vamos fazer uma campanha pela “orkutização” e “badoozação” do Lattes…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • asdsad 29.04.13 at 13:42 - Reply

      eu iria de procurar, Moana sua linda!! kkk

    • Loud 17.09.13 at 11:01 - Reply

      Moana: casada, solteira ou tico-tico no fubá? Silvio Santos sim, gênio das redes sociais, admirado pelos pobretões e intelectuais libertários. Avise quando estiver orientando uma galera que queira pós-facebookar, seu lattes vai bombar!

  25. Adalberto Josué 23.04.12 at 20:17 - Reply

    Considerando a profundidade, relevância e inovação de grande parte das ‘pesquisas’ que vemos, bom, acho que esses currículos estão bem de acordo…

  26. Thiago Santos 23.04.12 at 23:38 - Reply

    Caramba! Nem acreditei quando li! 

  27. Eu não acredito nisso!!!

  28. Daniela 24.04.12 at 09:21 - Reply

    Socorro!!
    Vou começar meu texto assim tb: “bom, o que falar de mim? sou carismática, sensível e educada. Sei ser dura com quem precisa e doce com quem merece. Ponto negativo: ser perfeccionista (hihihi).”
    o que acham???? hehehehe

  29. Ridículo. Pessoas como estas não têm noção mesmo.

  30. Melina Paixão 24.04.12 at 15:23 - Reply

    Ah, eu queria tanto saber ao menos os cursos…

    O pior é q o Lattes mesmo fornece um texto… foi querer personalizar demais, estragou!kkk

  31. Tonyfisio 24.04.12 at 22:35 - Reply

    tão achando que é facebook ne…

  32. Vinicius Ferreira 25.04.12 at 17:03 - Reply

    Gennnteee, não creiooo!

  33. Marcsilver21 25.04.12 at 17:19 - Reply

    morri

  34. Iky 26.04.12 at 07:17 - Reply

    Deixa o texto aiutomático de Lattes, é melhor!!!

  35. ♫♪ 26.04.12 at 20:27 - Reply

    Tah virando orkut o Lattes!

  36. Minsck 28.04.12 at 18:52 - Reply

    Aí Jesus

  37. Daniel Rohde 01.05.12 at 14:33 - Reply

    pensaram que era um rede social, kkk

  38. John 06.05.12 at 14:59 - Reply

    Pelo visto o Lattes vai ter que se adaptar a esta nova demanda de pessoas. Quais itens você acreditam que deveriam ser inclusos? Acho que signo e rede de mapa astral deveriam ser pensados, assim como hobbys, ou frases feitas recomendadas ao usuários que acham que a plataforma é uma rede social…rs

  39. Ligia Begot 08.05.12 at 18:13 - Reply

    Lendo esses, estou achando o meu lattes sem sensibilidade…rsrs

    • Mero 28.07.12 at 12:58 - Reply

      kkkkkkkkkkkk

  40. Rafael 08.05.12 at 19:43 - Reply

    Já vi uma vez o cara que colocou em citações “Campeão de Super Smash Bros.”

  41. Alex 08.05.12 at 20:53 - Reply

    velhooooooooooo! o.o
    acho que isso pode levar a um futuro onde tenha certos resuisitos pra fazer um lattes hein!
    Tipo as descrições estilo dinâmica de grupo são até perdoáveis, agora descrições tipo “sou linda, brilhante, purpurinada e deixo rastros de alegria por onde passo”

    q q isso meudéusoo!
    ahahahahahahahaahaha

  42. Alex 08.05.12 at 21:05 - Reply

     velhooooooooo!!! o.o
    até são perdoáveis aqueles com descrções estilo dinâmica de grupo.. mas, “sou linda, brilhante, purpurinada e deixo um rastro de alegria por onde passo” er.. tipo.. mas, hãnn!?!?!?!

    q q issumeudéusoo!

    desse jeito a plataforma vai começar a precisar de aprovação via orientadores ou seilá oque pra fazer o cadastro
    ahahahahahahha

  43. Vanisegoulart 10.05.12 at 03:13 - Reply

    Deveria dizer: Professor, sugiro revisar mas (mais) algumas vezes (o que escreve) e rever o seu (teu) perfil no FB

  44. São pós graduandos!!!!!!! kkkkkkkkkkkk

  45. Ceci 31.05.12 at 23:40 - Reply

    O meu lattes tá tão cafona, acho que vou dar apimentada nele  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  46. Jadson-ap 01.06.12 at 09:06 - Reply

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, cada doido

  47. Prof. Decco 18.06.12 at 19:02 - Reply

    Alguém tem que avisar a estes acéfalos que o Lattes não é o Orkut.

  48. Carolina 03.07.12 at 12:03 - Reply

    Eita povo sem noção! 🙁

  49. Marina Almeida 03.07.12 at 13:38 - Reply

    Orkut! hahaha

  50. N.bio 04.07.12 at 17:45 - Reply

    De boca aberta… =(

  51. Inajara 07.07.12 at 10:19 - Reply

    Categoria “humor”. Creio que a falta, não só de informação como de ética inicia por aí. A postagem de erros e falhas ou as chamadas “pérolas” estimulando deboches e risadas … está mais para buliyng do que pa ra humor. É triste não poder contar com a responsabilidade social da classe dita “intelectualizada” deste país. Sem EDUCAÇÃO E ATITUDES RESPONSÁVEIS a violência nos relacionamentos  tende a aumentar. QUE TAL INFORMAR E OPORTUNIZAR NOVAMENTE?

    • Paulo Rogério 19.03.14 at 17:08 - Reply

      Blá blá blá, “elite intelectual brasileira”, mi mi mi “estão fazendo bullying”, “deixe eu usar o meu iPhone 5 para lembrar meu amigo comunista de trazer de Miami uma camiseta do Che Guevara que eu quero usr na passeata da semana que vem”.

    • Roberta 19.03.14 at 17:13 - Reply

      E porque os “gênios” destes currículos não procuraram se informar sobre o que é a plataforma antes de criar um currículo?

      O que mais me incomoda é essa cultura de dar o peixe: progressão automática, cotas, bolsa-família, etc

      Ninguém precisa mais se esforçar para nada, correr atrás de nada, quer que tudo caia do céu.

  52. Maylu 08.07.12 at 17:44 - Reply

    Misericórdia!! Eu não acredito… é sério isso? Tem gente que coloca esse tipo de coisa no lattes?

    • 23capitu33 26.07.12 at 09:12 - Reply

      Por favor, vejam o meu currículo lattes:ele late até hoje por um emprego.(há 2 anos não consigo trabalho).Motivos:mais de 40 anos;mulher;cor parda;heterosexual;mãe;erros de ortografia no facebook;descobriu a safadeza do monitoramento de PCs;não passou pelas camas certas;não fala inglês;o currículo era extenso e diferente;o nome próprio não é nobre;a criatividade atrapalha a dos outros;participou da vida universitária;peitou o assédio moral de [email protected] depois de quase perder o doutorado;namorou homem galinha e foi quase destruída emocionalmente;pediu prazo para finalizar tarefas;pediu licença sem vencimentos para acabar mestrado;trabalhou em escola alternativa,de “trabalhadores”;é contra aspectos do capitalismo sem ter OCAPITAL na ponta da língua;não se filiou a nenhum partido;não trabalhou de graça até agora para nenhum político;não é loura nem periguete;namorou ilustres(poucos) do meio acadêmico;deixou de ir ao lançamento de livros de pessoas influentes;foi representante de alunos da pós;trabalhou de gratis pra PUC-Rio;percebeu a má intenção de alguns religiosos;escreve blog comentando algumas safadezas;continuou estudando;gastou dinheiro com livros e viagens a congressos;estudou disciplinas do mundo “alternativo”;foi dar aula em faculdade que ninguém quer nada com nada;tentou fazer o aluno ler;seguiu todos os trâmites hierarquicos da burocracia universitária e governamental;pediu bolsa de pesquisa;acredita em pesquisa;contestou sindicato;reconheceu o machismo “velado” dos intelectuais brasileiros e estrangeiros;escreveu pra presidenta da república reclamando do desrespeito;perdeu a paciência com os professores que ocupam postos importantes;continuou frequentando cursos;arrumou-se de modo elegante para ir à universidade;buscou patrocínio para eventos universitários e conseguiu, sem ir para a cama com o patrocinador;estudou com colegas escritores já prometidos como de sucesso;tirou 1o lugar sem conhecer ninguém;ganhou premio no exterior e quis receber o dinheiro;itegrou atividades religiosas;resolveu pensar;deu aulas improvisadas como todo professor batalhador faz;consultou internet para tomar informações;ocupou este espaço demais!!!!!!!!!!!

      • Henrique 11.09.12 at 15:00 - Reply

        Mulheres vivem em média 8 anos a mais que os homens. No Brasil, na maioria das profissões, elas se aposentam 5 anos mais cedo que os homens. Há uma infinidade de propaganda na tv e em outros meios de comunicação sobre tratamentos e prevenção de doenças nas mulheres, enquanto que raramente se vê alguma sobre doenças dos homens. No site do Ministério da Justiça as estatísticas mostram que os homens são as maiores vítimas da violência, no entanto, o que vemos são programas de combate à violência contra a mulher em todas as mídias e em todos os horários. Vale lembrar que tudo isso é pago com dinheiro público. E você vem falar em “machismo”.
        Acho melhor você continuar estudando…

        • Limas 13.10.12 at 15:28 - Reply

          O site do Min da Justiça mostra que os homens qdo sofrem violência recorrem à justiça mais vezes do que as mulheres, pois eles certamente não tem medo de ter q voltar pra casa e serem  espancados novamente ou assassinados. Este teu discurso eu já li em vários sites. Podias ao menos ter sido original. Mostrar TUAS PRÓPRIAS idéias, se é que as tem. Sim, você é machista, e como tal, sem argumentos*.
          * – inteligentes!

  53. Julyaguerra 12.07.12 at 14:03 - Reply

    Revisar (mais) algumas vezes.
    ahsuahsuahsuhaushaushuashuahsuahsuahush
    ta foda, velho!

  54. Danieliapoioescola 24.07.12 at 22:13 - Reply

    como seria bom se as pessoas lessem mais, e realmente se interessassem por pesquisas, so assim teriamos o Brasil com seu desenvolvimento 100%.
    Eu creio nisso e luto todos os dias por um pais melhor, por isso nao levem na brincadeira esta questao das peroas do lattes, isso e muito serio…. precisamos  melhorar!!!!

  55. Bruno 25.07.12 at 08:33 - Reply

    É o fim do mundo mesmo…

  56. Homer 30.07.12 at 17:46 - Reply

    To orando por você que cita Agatha Christie no lattes. kkkk #IrmãZuleide

  57. Willianmarinho 31.07.12 at 18:55 - Reply

    Muito bom!!!!
    Só matando esse povo mesmo! kkkkk….

  58. Junk 23.08.12 at 00:23 - Reply

    O meu Lattes tá sem graça, não adicionei os meus amigos!!!!!!
    Kakakakaka, que absurdo.

  59. Guilherme Castanho 11.09.12 at 00:34 - Reply

    Aos que se assustaram, sugiro que leiam a reportagem “Analfabetismo Universitário?” de autoria de Renato Lessa, na revista Ciência Hoje, n. 295, vol. 50, de agosto de 2012. Complementarmente sugiro que leiam a reportagem indicada pelo autor, publicada no jornal O Estado de São Paulo, em 17 de julho de 2012, com título: “No ensino superior, 38% dos alunos não sabem ler e escrever plenamente”, de Luis Carrasco e Mariana Lenharo.
    Só para facilitar segue o link: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,no-ensino-superior-38-dos-alunos-nao-sabem-ler-e-escrever-plenamente-,901250,0.htm .
    Então, vamos a parte do humor do comentário:
    Encontre os sete erros da frase: “Analfabetismo no ensino superior”.
    Ah! Se encontrarem os sete erros avisem…

  60. Gestraich 17.09.12 at 10:17 - Reply

    Tem que respeitar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  61. Catia 20.09.12 at 20:00 - Reply

    Bha… ler isso me fez pensar: me dedico para escrever artigos e publicar e ler esses tipinhos de frases e palavras me caiu as tranças…

  62. Sara 26.09.12 at 04:21 - Reply

    “português: lê bem, compreende bem, escreve bem”

  63. chico 30.09.12 at 13:43 - Reply

    Ai, meus bagos² HUAHUAHUAUHA

  64. Lllsddfgv 01.10.12 at 16:47 - Reply

    Tô latindo para o Lattes!

  65. Mari Comunica 14.10.12 at 09:01 - Reply

    Oremos!!!!!

  66. Paulo Wadt 29.10.12 at 20:44 - Reply

    Inovação também é encontrar novos usos para recursos já conhecidos!

  67. Radek Piskorski 09.01.13 at 08:55 - Reply

    Undergrads…

  68. Thiago Silva 09.01.13 at 11:41 - Reply

    Será que isso refletiria na qualidade das nossas pesquisas?

    Tomara que isso seja feito só pelo pessoal da iniciação científica hahaha

  69. Bem, pessoa academica é aquela que vive no meio acadêmico …no meu trampo(Sou arquiteto) por exemplo, quando a gente diz que fulano é super acadêmico, é que ele vive estritamente de acordo com a teoria, as vezes sendo considerado até inocente pelos colegas,ja que fora da faculdade a realidade é outra!!

  70. O Orkut possuía/possui uma comunidade, da qual eu fazia parte: “Plataforma Lattes, o Orkut nerd”. Também rende boas risadas.

  71. Adriano Antunes Ferraro 10.01.13 at 07:13 - Reply

    Jesus! Ai meus bagos (2)
    Não precisamos de pesquisadores assim!!

  72. MayogaX 11.01.13 at 10:24 - Reply

    Gente que acha que cv lattes é tipo um facebook… 🙁

  73. Paulo Gabriel 14.01.13 at 23:53 - Reply

    São Giordano Bruno, valei-nos!

  74. Bárbara Faria 19.01.13 at 13:47 - Reply

    O mais tenso é que muitos são alunos de universidades federais!… ¬¬’

  75. Rosadejah Cabús 29.01.13 at 02:24 - Reply

    Nossa Madre de Dios……….afff..pegou pesado no Lattes………hihihi…sem noção meu povo!

  76. Rogerio Filho 30.01.13 at 23:04 - Reply

    Se ninguém  fiscalizar vai virar uma zona.

  77. Alex Rodrigues 05.02.13 at 12:35 - Reply

    O Lattes está perdendo uma oportunidade isso sim. Eu já tinha criado o Lattes for dummies a muito tempo!

  78. Gustavo Barizon 06.03.13 at 15:58 - Reply

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  79. Luiz Claudio Benck 16.03.13 at 18:10 - Reply

    Nem Vicente Mateus faria melhor… ahahah

  80. Vanessa Camargo 19.03.13 at 18:45 - Reply

    Pior q a maioria é de Universidade Federal!!! kkk.

    • Anônimo 13.09.14 at 00:03 - Reply

      Sim, porque quem é de Universidade particular não tem CV, ou pelo menos não consegue competir com Federais.

  81. Nancy 19.04.13 at 11:37 - Reply

    E eu aqui, tentando fazer o meu e dá divergência de dados, estando todos certos….

  82. jean dos santos 21.04.13 at 11:52 - Reply

    Apenas esperando lançarem um aplicativo pra mudar a cor do Lattes…

  83. Eduardo Alentejo 27.04.13 at 19:38 - Reply

    Pode até ser engraçado, mas, há um lado preocupante, a idiocracia afetou de fez os jovens do País.

  84. JC 28.04.13 at 02:03 - Reply

    Ok. O texto no caput é sensível.
    Nem li todos os comentários, mas também são racionais.
    Não vejo motivo pra ridicularização.
    A capacidade para se adaptar ao código (social? de etiqueta?) acadêmico não devia ser muito relevante. Outras coisas (tipo outras muitas), são muito mais importantes.
    Não vejo problema nenhum nos perfis das pessoas acima. Tão Humanos quanto deviam ser os estudos acadêmicos.

  85. Juliana 20.05.13 at 17:39 - Reply

    hahah boa! Parece piada! rsrs

  86. Marcello Magri Amaral 24.05.13 at 16:08 - Reply

    Muito bizarro mesmo…

    mas só para ser polemico, toda rede social é definida por seu usuários.

    deve ser por isso que a plataforma Lattes é ruim no que se propõem e outras plataformas vem ganhando relevância inclusive no Brasil.

    A plataforma Lattes só não morreu até hoje porque é imposta por algumas agências de fomento.

  87. Ingrid Cristyne 29.05.13 at 09:02 - Reply

    Tem gente que pensa que Lattes é rede social! –‘

  88. Edneide 01.06.13 at 00:28 - Reply

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, esse povo é sem noção. Seriam reprovados em qualquer seleção antes mesmo de olharem os verdadeiros atributos acadêmicos hsuahsuhsuhasuh

  89. Gamarra 04.06.13 at 20:13 - Reply

    Deviam ter deixado os cursos que fazem, fiquei curiosa… heheh

  90. Heloiza Montenegro 04.06.13 at 21:02 - Reply

    ORKUTIZARAM O LATTES, AI GENTE

  91. Vitor Emanuel Rodino Lemes 10.06.13 at 14:02 - Reply

    Isso só pode ser sacanagem. Tenho sérias dúvidas se alguém pode ser tão néscio!

  92. Sofia 03.07.13 at 21:30 - Reply

    Isso é sério mesmo? Cruzes!!!

  93. Jurandir 23.07.13 at 20:15 - Reply

    Penso que sejam minoria. Porque se esta “moda” pega..! 🙂

  94. Camila 29.07.13 at 11:00 - Reply

    Nossa! Algo realmente deprimente…

  95. Mirllen 29.07.13 at 18:33 - Reply

    Faz tempo esta parceria da plataforma lattes com o facebook?! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  96. Moreno_22 30.07.13 at 00:36 - Reply

    Oi gata me add no Lattes 😉

  97. Viviany 02.08.13 at 07:07 - Reply

    Óh céus! o povo pensa que Lattes é orkut rsrsrsrs

  98. Maria 02.08.13 at 17:31 - Reply

    Nem Lattes deveria existir no Brasil.
    A pessoa é obrigada a expor toda a vida profissional incluindo projetos que outros podem copiar idéias.
    Não ouvi falar que existe esse tipo de coisa em outros países. Aqui não, você joga no Google e aparece tudo e quando você tenta achar o currículo de um pesquisador estrangeiro não é tão fácil. Isso deveria existir para médicos e dentistas. Assim poderíamos saber pelo menos onde o sujeito estudou que já é alguma coisa. Você procura o currículo de um medico e dentista no Google e não consegue achar nem onde o sujeito se formou. Agora para servidor público principalmente professor/pesquisador tá tudo escancarado inclusive o contracheque e até o CPF você acha.Falta de respeito!!!

  99. Andam confundindo o lattes com face/twitter/ask….

  100. Patricia 09.08.13 at 20:25 - Reply

    só pode ser piada!!!! é muita falta de senso!!!

  101. tricie 18.08.13 at 19:39 - Reply

    Po, o povo ta numa zuera grande hein feras. Eu tenho cadastro num site de amor evangelico e nem posso postar fotos e comentarios improprios que sou advertida, aqui os caras postam tudo que querem e ainda inventam moda. Ta loco né.

  102. penseaqui 19.08.13 at 16:35 - Reply

    isso só comprova a minha teoria dos 51% brasileiros mais burros

  103. Diva Neio 25.08.13 at 14:14 - Reply

    Por favor, o termo “orkutização” perdeu a razão de existir há anos.

    • Loud 17.09.13 at 10:46 - Reply

      Diva Neio, tbém quero devanear e cá me ocorre:uma defesinha do termo “orkutização”. Não há porque atualizá-lo pra Facebookização ou whatsoever, a essência permanece. Pode ser q perdeu a relevância pros brasileiros (importância q talvez nunca houve nos principais centros de socialnet do mundo). Pode ter perdido a razão de existir pra você mas o q importa é q não perdeu nem pro próprio criador. Pois porque razão a Google mantém aquele banco de dados gigantesco? FB é só a bola da vez… poderá vir a ser o próprio next orkut… e se o google+? e se Instagramizar, se… a se ver…

  104. Quidóóó 30.08.13 at 03:39 - Reply

    Onde encontro a opção não curti no lattes? =D
    kkkkkkkkkkk

  105. Maria Silvana Brandao 04.09.13 at 16:06 - Reply

    Primeiro Capitu, vc tem um curriculo bom, porem preconceituosa, com as louras e periguetes. Que isso minha querida. Qual e a sua cor? As louras e periguetes sao gente como a gente. Quanto aos outros curriculos, achei realmente sem nexo. Nao sou mestrada nem doutorada, mas sei o bastante p realizar minha profissao todos os dias, e sei muito bem fazer um curriculo.

  106. auau 07.09.13 at 10:41 - Reply

    Lattes que eu tô passando!!

  107. Cesar 09.09.13 at 10:07 - Reply

    Atualizemos para “Facezação do Lattes”.

  108. Junior 09.09.13 at 20:50 - Reply

    Falta de preparo…

  109. Ederson Divino 10.09.13 at 13:06 - Reply

    Para esse pessoal descrito nos artigos mande um recado: A inteligencia mandou um abraço, se puder, vá me visitar…

  110. Adorei o blog!

    Realmente a formalidade passou longe das “pérolas do currículo lattes”!

  111. Ricardo Machado 17.09.13 at 16:37 - Reply

    Este povo acha que a plataforma é uma nova rede social da moda. =/

  112. Eu sou esperto 18.09.13 at 17:30 - Reply

    Nós, contribuintes, pagamos pela “educação” desse povinho.
    Parabéns a todos os titulados com dinheiro público. Não esqueçam de sair as ruas para protestarem contra a corrupção.
    Serão nossos futuros governantes !

  113. João 29.09.13 at 02:23 - Reply

    O curioso é que a grande maioria são de Universidades públicas… Só lembrando aos ignorantes de plantão que quem faz o aluno é o próprio e não a faculdade!

  114. Vinicius 07.10.13 at 09:14 - Reply

    Queria saber quais seriam os cursos de formação complementar nestes curículos? Pq eu acho que eles se enganaram, currículo Lattes não é currículo resumido para ser enviado a sites de namoro.

  115. Flavio Lobato 11.10.13 at 01:16 - Reply

    “Bom, o que falar de mim?” morri kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  116. Ivens 01.11.13 at 10:24 - Reply

    Faltou na lista o Lattes do João Ricardo Moderno, presidente da “Academia Brasileira de Filosofia”. O cara é uma piada viva, e o lattes dele também.

  117. Clarice 08.11.13 at 13:36 - Reply

    E percebam… são de instituições federais. Teoricamente as melhores em termos de preparação. E olha só a maturidade da galera. Se bem que tem instituição que não vai dá jeito em gente retardada.

  118. Eliz 04.12.13 at 14:37 - Reply

    Affeee!!!
    Só tem mala aqui!!
    Olha o vocabulário de que a “elite acadêmica” do Brasil se vale para descrever os colegas: “povinho”, “ignorantes”, “néscio”, “piada viva”, “burros”…
    Vcs podem até ter “um Lattes e tanto”, mas humildade que é bom…

  119. Cris 08.12.13 at 13:52 - Reply

    Será que um dia o povo brasileiro apresentará uma imagem séria, respeitável e comprometida com a educação?

  120. Danielle 05.01.14 at 21:30 - Reply

    São alunos de cursos onde se lê manuais de auto-ajuda e dicas para enriquecer como bibliografia de curso, são da administração, com certeza. O pessoal de atuarias e contábeis também não tem tradição nenhuma em pesquisa e lê lixo direto, especialmente a revista Veja, PEGN e Exame. Vibram com “O Aprendiz”, ouvem sertanejo universitário (eca!) e acham o Pedro Bial um poeta.

    • Lyh 12.03.14 at 22:41 - Reply

      O pessoal de Contábeis talvez não tenha tradição em pesquisa por falta de oportunidade. E se eles leem a revista Veja é porque antres de criticar é preciso conhecer. O que uma pessoa ouve ou deixa de ouvir não diz nada sobre o nível de conhecimento dela. E “Eca” digo eu para sua mente pequenea e preconceituosa.

    • JK 10.11.15 at 01:12 - Reply

      Acho que as verdadeiras pérolas podemos ler aqui, nos comentários…

  121. Renata 17.02.14 at 14:38 - Reply

    Engraçado! Antes a vida profissional pedia um curríc vitae, daí você vai para o mestrado é lattes. E cada semestre você se desespera se ele não for atualizado. Rs

  122. Rafael 17.02.14 at 14:51 - Reply

    Ah Jesus Maria José!kkk kd meu rivotril muié! Huahuahua

  123. Leandro 17.02.14 at 14:51 - Reply

    Os comentários deste post superaram o mesmo em nível de diversão. É tanto sentimento misturado: raiva, inveja, rancor, um exame reprovado, prepotência, um artigo recusado, dentre outros. Todavia, deixo meus aplausos aos bem humorados!

  124. Raquel 17.02.14 at 14:57 - Reply

    Agora vão perguntar.
    Você tem lattes? Posso lhe adicionar?
    O próprio CNPQ disponibiliza um manual para preencher o lattes.
    Manda o link do manual para os “acadêmicos”.

  125. Adriana 17.02.14 at 14:57 - Reply

    Bem, uma rede para relacionamentos entre pós-graduandos cairia bem. Alguém cria, por favor??

  126. Durval Marques 17.02.14 at 15:26 - Reply

    Só para alertar aos colega, essa galerinha pode-se ver que estão se graduando ainda, não completaram a graduação, certamente alguém perguntou se eles tinham Lattes, ai né??? não sabem o que é e certamente não foram bem orientados para isso,… (Professores bem formados cadê vcs?……) e deu no que deu né!!! agora ser bastante acadêmico??? e fácil de se relacionar????

  127. Chico 17.02.14 at 18:27 - Reply

    Agora, o que ninguém se pergunta é por que um aluno do primeiro ano da graduação tem um currículo lattes? No primeiro ano a gente não sabe nem onde ficam as chopadas, para que lattes? Essa galera anda pulando etapas, deixem para ficar carecas e paranoicos com o lattes depois da colação de grau, o negócio é aproveitar o primeiro ano para se ambientar, conhecer os professores malas e os legais (para fugir dos primeiros na hora de escolher as optativas) e os melhores lugares do campus.

  128. Eliel Fortes Barbosa 19.02.14 at 08:21 - Reply

    Socorro!!!! Estão transformando o Lattes no quê????

  129. Alex Melo 19.02.14 at 15:45 - Reply

    Daqui a pouco eles adicionam depoimentos.

    ”O que dizer sobre Fulano de Tal que mal conheço e já considero pakas..”

    auehauheuahe..

  130. Glaucia 24.02.14 at 11:52 - Reply

    Mais desanimada com os comentários do que com o povo que “sem noção” que esse tipo de uso do Lattes. rsrs Ai, credo!

  131. equip 28.02.14 at 05:55 - Reply

    Aposto que essas pérolas saíram dos cursos de Administração, Ed. Física e Enfermagem.

    • bruno tarnowski 12.02.16 at 21:25 - Reply

      cara eu curso enfermagem e me dedico pakas no meu curso, então não use o curso como referencia de piada pois quando vc bater o carro e estiver engasgando com o próprio sangue vai rezar para esses mesmos enfermeiros que vc ridiculariza te salvar.

  132. Ju 25.03.14 at 22:02 - Reply

    Nm sei o que mais me faz ri…. Os Lattes ou os comentários kkkkkk
    Certas coisas nao se discute, se lamenta!

  133. Dora Roque 04.05.14 at 10:56 - Reply

    O engraçado é que ainda tem gente que vem aqui comentar que acha certo. Tem um ai acima que vem falar em “humildade que é bom…”. Meu Deus, alguém orienta esta criatura que isto não é um site de religião.
    Humildade? Você se propõe a afrontar a ciência desde a graduação fazendo junto com a mesma a iniciação científica enquanto seus colegas se divertem em festas, depois você faz um mestrado, enquanto seus colegas já começaram ter um rendimento, passa para um doutorado onde terá que preparar um trabalho que será sabatinado por 5 pessoas, todas com mais estudo do que você, e sua missão é convencê-las de que você pode ser um deles. Mas até aí, você ainda tem um guia. No pós doutorado você repete tudo isso, agora com um orientador que mal olha para você, ou seja, você tem que mostrar que veio para propor algo diferente. Ao fim de tudo isso, você se propõe a viver de ensinar néscios (que o fulaninho criticou porque não deve saber o que é), a orientar pessoas nesta estrada e a escrever artigos que serão selecionados por uma comissão de doutores para que sejam publicados.
    Passado todo este percurso vem um retardado e diz que você tem que ser “humilde”?
    Ora querido Humildade é uma virtude que fica bem em quem é fraco.

  134. Marcello 12.05.14 at 11:57 - Reply

    Vou começar com um nada acadêmico clichê: na vida tudo é relativo!
    Entrei no blog porque queria rir um pouco….e só.
    Mas li coisas que comprovam o quanto parte da academia brasileira é ridícula.
    Então aí vão as respostas (não reparem, sou muito pragmático):
    1. Nem todo pós doutor é metido a besta (by the way, eu sou);
    2. Nem todo aluno de “federal” é bom;
    3. Nem todo professor de universidade pública mereceu passar no concurso (pelo menos a metade contou com alguma forma de networking ou entrou antes de 1988);
    4. Seriedade não é sinônimo de competência.
    Enfim a soberba pode até render um artigo (escrito por alunos, muitas vezes) aqui e outro ali, mas não faz de ninguém imprescindível para o planeta!

  135. Eu vejo essas coisas pra ver se o meu tá no meio…hahaha

  136. Angela Araujo 15.07.14 at 12:10 - Reply

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Depois das pérolas do ENEM, agora as pérolas do Lattes. Tenha dó povo brasileiro. Na dúvida, não escreva nada. kkkkkkkkk

  137. Renato 15.07.14 at 12:14 - Reply

    Os nomes não deveriam estar cobertos. Afinal, o Lattes fica em uma base aberta, justamente para todos verem o que há lá.

    • Pós-Graduando 15.07.14 at 13:04 - Reply

      Particularmente, também acho.
      O duro é aguentar a polícia do “politicamente correto” na internet.

      • MaTeuS 15.07.14 at 14:55 - Reply

        Boa tarde! Houve uma postagem parecida com essa, na qual eram ironizadas as “experiências profissionais e/ou acadêmicas”, no currículo Lattes. Numa delas a simples ida a uma festa junina se transformava numa “Interação sócio-festiva julho/junina”… rsrsrssr. Tem como relançá-la ou fornecer o link? Obrigado

  138. Isabel 15.07.14 at 12:59 - Reply

    Preencheram o Lattes como se fosse um perfil pra site de relacionamento… Aff…

  139. Mário Cyreno 15.07.14 at 13:05 - Reply

    Huaaaaa kkk

  140. Daniela G. Marcato 15.07.14 at 14:05 - Reply

    Vergonhoso.

  141. Diana Pilatti 15.07.14 at 18:27 - Reply

    Lattes está virando o novo Orkut? huahauha

  142. Laura 15.07.14 at 18:34 - Reply

    Eu já fico incomodada quando vejo foto no curriculo. Qdo vejo foto de ser humano fazendo pose ou sorrindo…credo

  143. Aline Nogueira 16.07.14 at 00:16 - Reply

    Meu Deus! hahaha Que horror!

  144. Ludimila Cruz 16.07.14 at 03:49 - Reply

    que medo do meu tá por ai uahsuahsuahs

  145. “Se um revisor te der limões, faça do seu artigo uma limonada” #academico #pesquisa #amor

  146. Rosiane Schraiber 16.07.14 at 09:11 - Reply

    Não sabem interpretar a finalidade do Lattes, quem dirá os seus resultados! Af!

  147. natalia 16.07.14 at 19:41 - Reply

    pai eterno.. te gente achando que o lattes é orkut

  148. eduardo 20.07.14 at 14:01 - Reply

    Senhores e senhoras moralizadores da comunicação pública, eu vos pergunto: o que é pior, dizer asneiras (non-senses) inadequados ao contexto ou mentir deliberadamente como certos candidatos (que afirmam possuir o diploma que não possuem)? O que é mais danoso para a imagem pública de nossa ‘academia’?

    • Bruno Menezes 27.11.14 at 12:48 - Reply

      Sem dúvidas é um vexame sem vítimas. A discussão sobre ética no lattes está em outro contexto, que não invalida o que foi abordado no post em tela.

  149. Caio 01.08.14 at 14:31 - Reply

    Pelo visto, tem gente achando que faz do lattes um orkut HUASUHAUHS

  150. Bel 04.09.14 at 03:54 - Reply

    Eu estou fazendo meu lattes para entrar em processo seletivo e estava morrendo de medo por pensar que ele era fraco…agora estou super confiada! kkkkk

  151. Cintia Gonçalves de Oliveira 28.11.14 at 21:59 - Reply

    Penso que está me faltando criatividade. o.O

  152. Marina 20.04.15 at 21:04 - Reply

    Um amigo me indicou o site chamando de pérolas da arrogância universitária… E o pior é que são aspirantes à! Terão bastante tempo ainda para sentir na pele o lado b da academia. E eu espero, sinceramente, jamais tê – los como colegas.

  153. Mariane 05.07.15 at 15:31 - Reply

    Me identifiquei com o primeiro. Tinha que ser pisciano!!!

  154. Jacy de Souza Costa Fernandes 28.08.15 at 20:07 - Reply

    Gostaria de recuperar meu Curriculo-Latts elaborado na década de 90 em Cursos da UCSAL – Ba.

  155. Anderson Huguenin 28.12.16 at 16:20 - Reply

    “perda da noção de limites”

    👇

    “Quem anda de bicicleta não presta, hoje nós sabemos disso. São pessoas não qualificadas. Então vamos ficar sujeitos a esses riscos aqui?”

  156. Fumachi 11.05.17 at 17:34 - Reply

    Tem uns caras colocando na formação acadêmica onde estudou no Jardim de Infância, Maternal e Pré-escola…
    Isso pode Galvão?

    kkkkkkk

  157. Airton 09.11.17 at 07:52 - Reply

    Por acaso existe um botão de LIKE no Lattes? Gostaria de curtir alguns… kkkkk

Leave A Comment