Tenho observado um aumento na oferta de cursos on-line, sejam eles de graduação, pós-graduação ou de aperfeiçoamento. Entretanto, ainda percebo certa resistência das pessoas em relação a esses cursos.

Toda vez que vejo alguém com receio de um curso pela internet, lembro-me do meu pai, e do seu pavor em fazer compras on-line ou em acessar sua conta bancária pela internet. Atividades que já são corriqueiras na minha vida (a contragosto do meu pai, é verdade) e na vida de muita gente.

Posso escrever sobre cursos a distância com certa tranqüilidade porque já tive a oportunidade de fazer alguns, e confesso que tive experiências muito positivas. É claro que alguns cursos são mais adequados para o modelo a distância do que outros. Principalmente aqueles mais teóricos. E existem alguns cursos em que o modelo presencial ainda é o mais indicado.

Nem todo curso on-line é bom, nem toda instituição está preparada para o ensino a distância e nem todo mundo tem o perfil (leia-se aqui disciplina) para este tipo de curso. Entretanto, cabe perguntar: todo curso presencial é bom? Toda instituição tem boa infra-estrutura para seus cursos presenciais? E aquelas aulas em que você está apenas de corpo presente, adiantam o quê?

Ninguém decide fazer um curso presencial sem antes procurar se informar sobre o mesmo. Com os cursos pela internet não é diferente. Antes de fazer a matrícula deve-se levar em conta o conteúdo do curso, a qualidade do corpo docente, a tradição da instituição, a plataforma utilizada, os recursos disponíveis, o preço, o suporte, a forma de atendimento aos alunos e a opinião de pessoas que já concluíram o curso.

Os cursos on-line exigem disciplina, organização e autocontrole? Sim. Mas também oferecem horários flexíveis e a oportunidade de estabelecer seu próprio ritmo de estudo. Existem limitações em alguns cursos? Sim. Mas também existem cursos com plataformas multimídias que transformam o aprendizado em uma nova experiência.

A verdade é que quem está motivado a fazer um curso irá dedicar-se com afinco, seja ele presencial ou pela internet. E quem está fazendo o curso apenas por fazer, irá aproveitar muito pouco, independentemente da modalidade do mesmo.

Nos cursos a distância que participei, assisti algumas aulas com especialistas respeitados em suas áreas de atuação, a um preço viável mesmo no meu modesto orçamento. Esta é uma grande vantagem dos cursos pela internet: maior área de abrangência, maior público, maior diluição dos custos. Isso sem falar na economia com viagens, hotéis, alimentação, etc.

Acredito que grandes mudanças ainda vão ocorrer com os cursos on-line nos próximos anos. É uma tecnologia que está apenas no começo e que tem todo um campo quase inexplorado de oportunidades a desbravar. E que veio para ficar.