Alguma dúvida? Envie para o Sábio Orientador que ele responde. Ou não.

  1. O que é ostentação na Pós-Graduação?
    Dormir oito horas em uma noite.
  2. Sábio Orientador, é melhor ter um homem rico ou ter um homem bonito?
    É melhor ter um homem que saiba cozinhar. Porque dinheiro e beleza um dia acabam. A fome não.
  3. Mestre, minha namorada está para defender o mestrado e está em uma crise de nervos. O quê posso dizer para mudar o humor dela?
    “Eu te amo”, “o shopping todo está com 50% de desconto” e “você emagreceu”.
  4. Se o senhor fosse um arquivo, que extensão o senhor teria?
    .fdp
  5. Ó sábio dos sábios, é muito difícil fazer um mestrado?
    Fazer um mestrado é fácil. Difícil é encontrar alguém que tenha uma Tekpix.
  6. Mestre, o que o senhor acha do Prêmio Nobel da Paz?
    Eu mataria por um Prêmio Nobel da Paz.
  7. O quê você acha do nudismo?
    Acho que a maioria dos nudistas são pessoas que você não queria ver sem roupa.
  8. Mestre, todo mundo beijando, todo mundo namorando, todo mundo sendo correspondido, por que eu não?
    Porque você não é todo mundo.
  9. Um orientado e o chefe do seu departamento estão em um edifício em chamas, e o senhor só tem tempo pra salvar um dos dois. O que você faz?
    Vou almoçar.
  10. Se o horário oficial é o de Brasília, por que a gente tem que trabalhar de segunda a sexta?
    Porque a gente precisa aprender a votar.
  11. Mestre, o que acontecerá quando acabar o dinheiro da minha bolsa?
    Seu melhor amigo fará aniversário, a pessoa que você gosta irá te chamar pra sair, sua banda favorita fará show na sua cidade e irá passar o carro do churros.
  12. Mestre, que descoberta poderia mudar minha vida para sempre?
    Os seis números da Mega Sena.
  13. Mestre, por que o senhor nunca faz sua pesquisa sozinho?
    Porque se a pesquia der errado, eu sempre tenho alguém para colocar a culpa.
  14. Se eu cortar a cerveja da minha dieta, quanto terei perdido em 14 dias?
    Duas semanas.
  15. Mestre, porque o senhor me odeia? O senhor tem algum preconceito comigo?
    Não, eu sou livre de qualquer preconceito. Odeio todo mundo, igualmente.
  16. Sábio Orientador, eu sou bonita?
    Cara orientada, a beleza está nos olhos de quem bebe.
  17. Quando as mulheres vão dominar a Pós-Graduação?
    Assim que elas decidirem a roupa certa para a ocasião.
  18. Mestre, por que minha orientadora desistiu de me orientar?
    Porque é muita decepção para pouco fígado.
  19. Se o senhor pudesse voltar no tempo, o que senhor faria?
    Voltaria no tempo.
  20. Qual é a maior alegria de um orientador?
    Ouvir a frase “bem que o senhor me avisou“.
  21. Sábio, o que é o famoso “jeitinho brasileiro“?
    Um eufemismo para métodos ilegais.
  22. Estou na reta final do mestrado e não tenho tempo para a minha namorada. Será que ela está me traindo?
    Caro orientado, chifre é igual bactéria. Você não vê, mas tem.
  23. O que eu faço quando minha orientadora diz “Faça o que você quiser“?
    Qualquer coisa, menos o que você quiser.
  24. Por que o senhor não me responde no Facebook?
    Porque Facebook é igual elevador: não é porque eu entro que a gente é obrigado a conversar.
  25. Mestre, e se tudo na vida fosse doce?
    Não existiria sal.
  26. Mestre, o que meus colegas da pós realmente querem dizer com “vamos manter contato“?
    Te procuro quando estiver com sérios problemas ou precisando de algum favor“.
  27. Sábio Orientador, o senhor me aconselharia a seguir minha intuição no meu projeto de mestrado?
    “Seguir sua intuição” é aquele tipo de conselho que só dá certo em filmes da Disney.
  28. Mestre, por que médicos, advogados, dentistas e veterinários insistem em ser tratados como doutor, sem nem ao menos possuírem pós-graduação?
    Porque a arrogância é a mesma.
  29. Sábio orientador, porque eu tenho tantas disciplinas nesse mestrado?
    Para impedir que você termine sua pesquisa no prazo.
  30. Minha qualificação é semana que vem. Que dica você me daria?
    Espere pelo melhor, prepare-se para o pior.
  31. Mestre, meu orientador me elogiou, o que faço?
    Prepare-se. Lá vem mais trabalho.
  32. O que faço para alguém gostar de mim?
    Fique rico.
  33. Sábio orientador, vou defender a minha tese no mês que vem. Quais são as chances de ser aprovada?
    Proporcionais ao tempo que você gastou para fazê-la.
  34. Porque amo, e não sou correspondido, o que faço com meu sofrimento?
    Transforme-o em artigo.
  35. Mestre como faço para tirar uma boa nota em matemática?
    Estude.
  36. Mestre, qual o tamanho limite para uma dissertação não ficar cansativa?
    Uma página.
  37. Mestre, que conselho você daria para uma pessoa que se dedica (ou não) ao mestrado e um trabalho formal (das 8:00 as 17:00) ao mesmo tempo?
    Comece a pagar um bom plano de saúde.
  38. O senhor vai me desculpar, mas faz seis meses que enviei a tese para o senhor ler!
    Está desculpado.
  39. Mestre! Publiquei um artigo e agora o que eu faço?
    Pulique outro. Isso nunca tem fim.
  40. Mestre, porque fazer um pós-doutorado? Qual o sentido de fazer isso?
    Pagar as contas no fim do mês.
  41. Eu vou ganhar mais dinheiro com o doutorado?
    Claro que vai. Dentro de uns trinta anos…
  42. Mestre, minha orientadora acha que estou produzindo pouco, o que faço?
    Agradeça-a pela dica.
  43. Grande sábio, estou no meio doutorado e me sinto sozinha. Terei chances de conseguir um namorado?
    Não. Mas quem sabe um artigo em periódico A1?
  44. Mestre, estou sem ideias para minha dissertação. Qual tema você sugere?
    Sensação térmica e exibição do corpo em piriguetes expostas ao frio“.
  45. E para quem está prestes a entrar para a Pós-Graduação o que você me diz?
    Lasciate ogne speranza, voi ch’intrate” (Abandonai toda esperança, vós que entrais)
  46. Sábio, não consigo me apaixonar por ninguém. O que eu tenho?
    Sorte.
  47. Mestre, vou morrer pobre, solteira e doutora?
    Pobre, solteira e doutora, mas com muitos artigos publicados. Olha que bacana.
  48. Mestre, você é de qual estado?
    Sólido.
  49. O que devo fazer quando meu orientador me pergunta quem é meu orientador?
    Desesperar-se.
  50. Fala aí uma parada que você não curte.
    Cardíaca.
  51. Mestre, sabe o que cairia bem hoje?
    Dinheiro, na minha conta.
  52. Estou pensando em transar com o meu orientador. O que eu faço?
    Compre camisinhas.
  53. Mestre, como faço para encontrar meu orientador?
    Diga que um artigo de vocês foi publicado.
  54. Uma pessoa na Iniciação Científica é uma futura mestranda?
    Só se não aprender a lição.
  55. Como faço para conseguir milhares de seguidores?
    Cutuque uma colmeia e saia correndo.
  56. Como faço para saber se o cara tem pegada ou não antes de ficar com ele?
    Leve-o para caminhar na praia.
  57. Sábio Orientador, o que devo fazer para nunca ser traída?
    Não se relacione.
  58. Vou terminar o doutorado em 3 anos. Te esnobei. Ficou chateado?
    Não. Orientado ruim a gente não perde, se livra.
  59. Por que nos comerciais de absorvente as mulheres estão sempre tão felizes?
    Porque descobriram que não estão grávidas.
  60. O que significa quando uma pessoa chega em você e diz: “me chama de burro”?
    Que ela já iniciou o processo de aceitação.
  61. Mestre quem é Samara?
    Uma doutoranda que foi reprovada na defesa da tese.
  62. Mestre, quantos lados tem a bola?
    Dois: de dentro e de fora.
  63. Qual o significado filosófico do trabalho?
    Não precisar caçar e pescar para ter comida.
  64. Mestre, o que é reconhecimento de um título de pós-graduação?
    É quando você diz que é doutor e a pessoa te pergunta se é médico.
  65. Mestre o que eu faço pra esquecer um grande amor?
    Pós-Graduação.
  66. Mestre, o que não tem preço no doutorado?
    Artigo em periódico A1.
  67. Você me recomendaria dormir?
    Não, dormir é para os da Iniciação Científica.
  68. Mestre, pós graduando pode entrar em greve?
    Pode, mas se ele não avisar, ninguém vai perceber…
  69. Sábio orientador devo escolher uma revista para publicação pelo seu Qualis, ou pelo seu fator de impacto?
    Pela chance do seu artigo ser aceito.
  70. Orientador, eu deveria saber tudo o que você me diz?
    Não, eu só digo essas coisas para parecer inteligente.
  71. Qual o sentido da vida?
    Do 5′ para o 3′
  72. Devo escrever a monografia esse semestre?
    Não, deixe para depois da próxima Copa.
  73. Como início o projeto de doutorado? Socorro!
    Inicie assim: “Era uma vez…
  74. Sábio orientador, eu preciso mesmo escrever esse artigo?
    Não, escreva uma poesia. A banca irá adorar.
  75. Onde posso encontrá-lo para discutir uns resultados?
    No Facebook.
  76. Mestre, quando envio ao senhor um bom artigo para ser coautor você gosta?
    Não, eu odeio ver minha produção acadêmica aumentar sem ter que fazer esforço.
  77. Sábio orientador, o que vão me perguntar na hora da defesa?
    Perguntas cujas respostas você não faz a menor ideia.
  78. Caríssimo Sábio, que tudo sabe, o que vale mais? Um artigo pronto ou uma noite de sono?
    Se o artigo tiver o meu nome, o artigo, claro.
  79. Eu devo passar o final de semana escrevendo?
    Não, passe assistindo os maravilhosos programas da TV aberta.
  80. Mestre, o que meu orientador quer dizer com “a coletividade é burra“?
    Que é pra você parar de ser um “maria-vai-com-as-outras“.
  81. Porque o Sr. não para de encher o meu saco?
    Porque atualmente este é o meu passatempo favorito.
  82. Mestre o que vai melhorar na minha vida com esse aumento de 10% da bolsa?
    Mais café e mais miojo. Olha só que maravilha.
  83. Meu projeto é chato e agora?
    Compre uma buzina e torne-o insuportável também.
  84. Sábio orientador, eu preciso mesmo escrever esse artigo?
    Não, pode deixar que ele vai se escrever sozinho.
  85. Caro orientador, posso ver seu Lattes?
    Ele não caberia na plataforma.
  86. O que eu faço hoje?
    O mesmo que deveria fazer todos os dias: artigos.
  87. Sábio, por que os professores torturam tanto os alunos? Será que eles não lembram que já passaram por isso?
    Isso se chama desforra. E é muito terapêutico.
  88. Mestre, o que acha de apresentar trabalho em congresso?
    Acho que é a melhor maneira de ir para a praia e ainda ganhar pontos em produção acadêmica.
  89. Pra que serve um doutorado?
    Para que você possa ser chamado de “Doutor”.
  90. Por que fiquei mais inteligente que meu orientador?
    Aproveita que você está sonhando e pede um pônei.
  91. Mestre, por que meu orientador não permite que eu me matricule na disciplina de outro professor, apenas na dele?
    Porque a disciplina dele é muito chata e ele quer garantir pelo menos um aluno.
  92. Mestre, o que faço quando der vontade de chutar o balde?
    É só lamber o próprio cotovelo que passa.
  93. Por que minha orientadora acha que sou escrava dela?
    Porque você é, só que ainda não entendeu.
  94. Sábio Orientador, por que a minha bolsa está sempre atrasada?
    Porque ninguém leva a sério os pós-graduandos neste país.
  95. Sábio orientador, estou cansado de escrever artigos sozinho para, no final, ter que colocar o nome de geral. Quando começarão a escrever os próprios artigos?
    Quando não pudermos mais explorar você.
  96. Por que minha orientadora insiste em se intrometer na minha vida pessoal?
    Porque enquanto você está na Pós-Graduação sua vida pessoal sequer deveria existir.
  97. Caro orientador, já estou no final do primeiro ano do mestrado e ainda não defini o meu tema, o que faço?
    Desespere-se!
  98. Por que os professores passam trabalhos como se só estivéssemos inscritos em uma matéria por período?
    Porque, na cabeça dele, você está.
  99. O que escrevo nos dados do sexo?
    Nem me lembro como é“.
  100. Mestre, o que deve fazer um doutorando quando acaba a sexta-feira?
    O mesmo que ele faria em uma segunda-feira.
  101. Por que Nelson está namorando?
    Porque o orientador dele ainda não descobriu que ele está com todo esse tempo atoa.
  102. Sábio mestre, porque muitos mestrandos acabam não fazendo o doutorado?
    Porque estes já aprenderam a lição.
  103. Por que os orientadores nunca respondem aos e-mails que tratam do desenvolvimento da pesquisa?
    Porque estamos muito ocupados repassando os e-mails que tratam de piadinhas e fotomontagens.
  104. Por que minha orientadora acha que sou escrava dela?
    Porque ela tem razão.
  105. O senhor vai me responder é sobre biologia.
    Aham Cláudia, senta lá.
  106. Individualismo é ruim?
    Se o individualismo resultar em não colocar o meu nome no seu trabalho, é péssimo.
  107. Determine o valor de k para que exista o arco que satisfaça a igualdade sen x=2k-5
    42.
  108. Quem exige pró-atividade é proativo?
    Não, é “orientador”.
  109. Mestre, é verdade que as mulheres nunca traem seus maridos?
    É verdade. Acredita nisso que é bacana.
  110. Como faço para ficar rico?
    Saia da internet e vá trabalhar.
  111. Mestre, o que acha de fazer doutorado antes do mestrado?
    Acho que é como colocar a mão no forno antes de apagar o fogo: você só vai se queimar.
  112. Mestre que time o senhor torce?
    Para o que está ganhando.
  113. Com o que se parece a metade de uma maçã?
    Com a outra metade.

  114. Mestre, se você jogar uma pedra vermelha em lago azul, como ela fica?
    Molhada.
  115. Se você tiver 3 maçãs e 4 laranjas em uma mão e 4 maçãs e 3 laranjas na outra, o que o senhor terá?
    Mãos enormes.
  116. O doutorado é mais fácil que o mestrado?
    Não. A vida acadêmica é igual videogame: a próxima fase é sempre pior.
  117. Mestre, acabei de marcar minha defesa de dissertação e convidar a banca…O que devo fazer além de rezar?
    Estudar.
  118. Caro mestre, e se eu não conseguir emprego após o doutorado?
    Crie um site de humor na pós-graduação.
  119. Sábio, qual é o seu maior defeito?
    Meu maior defeito é ser modesto demais. Se eu não fosse tão modesto eu seria perfeito.
  120. Caro orientador, o que você realmente quer dizer quando fala “Ah, entendi“?
    Que não estou entendendo nada, mas não estou mais interessado no assunto.
  121. Mestre, cansei de jogar indiretas. O que eu faço?
    Jogue gasolina e acenda um fósforo.
  122. Sábio, meu orientador me deu um tema. Eu pesquiso o que ele quer?
    Claro. Você só poderá exercer o direito de ser imbecil por conta própria quando terminar o doutorado.
  123. Por que os professores escrevem “boa prova” no final da folha?
    Porque escrever “vou ferrar com a sua nota” daria muito na cara.
  124. Mestre, qual é o principal motivo dos divórcios?
    O casamento.
  125. Sábio, que certeza podemos ter na pós-graduação?
    Pode ter certeza que alguma coisa vai dar errado.
  126. Quem foi que inventou o trabalho?
    Alguém que não tinha mais nada o que fazer.
  127. Prezado orientador, você já foi bonito algum dia?
    Eu era lindo, mas aí tive que vender meu carro.
  128. Mestre, como faço para ter algum descanso nos finais de semana?
    Defenda sua dissertação.
  129. Mestre, você já pensou em alguma inovação tecnológica?
    Já: um detector de ponta de durex.
  130. Pé-de-coelho dá sorte mesmo?
    Se não deu sorte nem ao coelho, que tinha 4…
  131. Adivinha quem chegou?
    As contas para pagar.
  132. Por que os casamentos estão durando cada vez menos?
    Porque pegamos essa mania de dizer “Aceito” sem ler os termos de uso.
  133. O que levar para a primeira aula de mestrado?
    Um pacote de lenços.
  134. Sábio, qual é a diferença entre a teoria e a prática?
    Teoria é quando se sabe tudo e nada funciona. Prática é quando tudo funciona e ninguém sabe por quê.
  135. Sábio orientador, porque minha orientadora sempre dá respostas estranhas quando faço perguntas simples?
    Porque um bom orientador é aquele que lhe diz uma coisa simples, de maneira confusa, de forma a fazer você pensar que a confusão é sua.
  136. Mestre, o que é a vida?
    Vida é tudo aquilo que acontece antes do dinheiro da sua bolsa acabar.
  137. O que devo fazer quando me chamam de gorda?
    Não ligue, você é maior que tudo isso.
  138. Por que não temos reconhecimento do orientador?
    Porque para que isso acontecesse, ele precisaria prestar atenção em você.
  139. Dinheiro traz felicidade?
    Não, mas paga minha internet, o que é quase a mesma coisa.
  140. Sábio orientador, por que o senhor não gosta de mim?
    Porque eu odeio pessoas egoístas, que se preocupam mais com elas do que comigo.
  141. E se o amor não existisse?
    Também não existiriam as músicas bregas.
  142. Mestre, você é a favor do novo acordo ortográfico?
    Não sou contra nem a favor, muito pelo contrário.
  143. Mestre, gostaria de ter uma pequena empresa, o que devo fazer?
    Abra uma grande empresa e espere o governo fazer o resto.
  144. Doce engorda?
    Não, quem engorda é você.
  145. Mestre, o que é senso de humor?
    É o sentimento que faz você rir daquilo que o deixaria louco de raiva se acontecesse a você.
  146. Prezado orientador, por que o senhor sempre acha que está com a razão?
    Porque no mundo existem apenas dois tipos de pessoas: as que concordam comigo e as equivocadas.
  147. É verdade que os homens casados vivem mais que homens solteiros?
    É verdade. Mas em compensação os homens casados são os que tem mais vontade de morrer.
  148. Sábio, devo namorar sério?
    Não, namore engraçado.
  149. Por que tenho que colocar o nome do meu orientador no trabalho se ele não fez nada?
    Porque a hierarquia é como uma prateleira: quanto mais no alto, mais inútil.
  150. Mestre, é possível morrer de ciúmes?
    Ciúmes não mata. No máximo vira subnick no MSN, status no Facebook ou indiretas no Twitter.
  151. Eu preciso mesmo fazer todas as correções que o senhor marcou?
    Não, eu só fiz isso porque gosto de colorir com caneta vermelha.
  152. Sábio orientador, por que meu professor só me dá notas baixas?
    É para combinar com o valor da bolsa que você ganha.
  153. Existe amizade verdadeira entre duas mulheres?
    Existe, e é sempre uma conspiração contra uma terceira.
  154. O que eu faço com os meus resultados?
    Uma historinha de terror para crianças que não gostam de comer hortaliças.
  155. Caro mestre, é mais importante publicar mais ou publicar melhor?
    É mais importante colocar o meu nome na publicação.
  156. Mestre, por qual motivo todos os meus trabalhos precisam estar nas benditas normas da ABNT?
    Porque este é o método de tortura dos tempos modernos.
  157. Grande Sábio, o que significa “amar ao próximo”?
    “Não me ama? Próximo”.
  158. Mestre, será que conseguirei um bom emprego após a defesa de tese?
    Se nada der certo, vire roteirista de filmes pornô.
  159. Por que preciso ir ao laboratório todos os dias?
    Porque você não pode morar nele.
  160. Quando você se aposentar, vou ocupar sua cadeira?
    E desde quando professor universitário se aposenta?
  161. Minha orientadora me odeia?
    Não, ela só gostaria que você não existisse.
  162. Sábio Orientador, a tarefa de um orientador é ignorar seus orientandos?
    Não, isso é apenas um bônus.
  163. Mestre, você é bom em matemática?
    Eu era, antes de decidirem misturar o alfabeto com os números.
  164. Por que eu tenho que ler 8 artigos no domingo se até Deus descansou no domingo?
    Porque Deus não tinha prazo de defesa.
  165. E se tudo, mais uma vez, acabar em pizza?
    Bom, nesse caso, que a minha pelo menos tenha borda de catupiry.
  166. Por que o senhor me manda mensagens em sábados e feriados às 07:00h da manhã perguntando se eu estou gestando artigos?
    Porque eu não tenho uma vida fora da academia e quero que ninguém mais tenha.
  167. Como sabemos se uma pessoa é covarde?
    O covarde é alguém que, numa situação perigosa, pensa com as pernas.
  168. Quando meu orientador me chama de burro, o que devo fazer?
    Agradeça a sinceridade.
  169. Mestre, o que o Senhor pensa sobre aulas muito chatas?
    Penso que nestas aulas aprende-se muito sobre o voo das moscas.
  170. Por que o Sr. demora tanto para corrigir meus artigos?
    Porque meu nível atual de boa vontade é compatível com o de uma atendente de SAC.
  171. O que você diz para esse povo que passa o dia inteiro no Facebook?
    Tamo junto!
  172. Por que o mestrado é tão curto?
    Porque as pessoas precisam sobreviver a ele.
  173. Mestre, o que você mais odeia nessa vida?
    O meu chuveiro, que só tem duas opções: queimadura de 3º grau ou nadar nu na Antártida.
  174. Qual pergunta é a mais idiota?
    Não existem perguntas idiotas, existem pessoas idiotas que perguntam.
  175. Por que eu preciso ir aos congressos se eu sou o único interessado no meu trabalho?
    Porque serão suas únicas oportunidades de viajar para praias durante a pós-graduação.
  176. Quando irá corrigir minha dissertação?
    Emprestei ela para o Tiririca. Assim que ele terminar de ler, eu corrijo.
  177. Mestre, você não tem opinião própria?
    Tenho, mas não concordo com ela.
  178. Como posso parecer mais inteligente?
    Fale menos.
  179. Por que preciso trabalhar?
    Porque videogames não caem do céu.
  180. Ó Sábio Orientador, no que o Sr. acredita?
    Eu acredito que vou beber outra cerveja.
  181. Sábio, o que é ironia?
    Energético sabor maracujá.
  182. Por que ninguém me diz o que é necessário para uma qualificação?
    Porque ninguém quer estragar a diversão da banca.
  183. Você é daqueles que acham que o copo está meio cheio ou meio vazio?
    Eu acho que dá pra parar de frescura e beber logo de uma vez.
  184. Sábio orientador, se uma pessoa se apaixona durante a realização de sua dissertação de mestrado, quais são as consequências?
    A pessoa irá chegar ao fundo do poço. E ainda fará cafuné na Samara.
  185. Não passei na seleção do doutorado, o que faço?
    Alegre-se e vá curtir a vida, enquanto você ainda tem uma.
  186. Mestre, estou pensando em me casar. Casamento hoje em dia sai muito caro?
    Caro mesmo sai é o divórcio.
  187. Um dia vou ser como você?
    Não como eu, mas com algum esforço pode chegar a cosplay do Pateta.
  188. Vou sobreviver à minha defesa de doutorado com 5 avaliadores?
    Defender o doutorado com 5 avaliadores é fácil. Difícil é terminar uma bala sem mastigar.
  189. Mestre você acha que devo sair do Facebook e ir escrever minha dissertação?
    Não, acho que sua dissertação vai se escrever sozinha.
  190. Sábio, por que não se pode ter tudo?
    Porque você guardaria onde?
  191. Por que tenho que publicar artigos?
    Porque essa é a lei da selva na pós-graduação.
  192. Caro mestre, existe forma de conciliar vida social e pós-graduação?
    Só uma: termine a pós-graduação.
  193. Mestre, existe alguma coisa que te faz perder o controle?
    Sim. Aquele buraco entre as almofadas do sofá.
  194. Se a vida me der limões, devo fazer uma limonada ou uma caipirinha?
    A vida não te dá limões. A vida te dá contas para pagar.
  195. Caríssimo orientador, o que eu faço depois do pós-doutorado?
    Bom, se nada der certo, vista-se de mulher e vá ao programa do Silvio Santos pegar aviõezinhos.
  196. Sábio, o que você acha de maquiagens, chapinhas e calças de ginástica?
    Magia para as mulheres. Ilusão para os homens.
  197. Caro orientador, por que ao invés de ficar me atormentando, o Sr. não me mata de uma vez?
    A parte ruim de te matar é que eu só posso fazer isso uma vez.
  198. Caro Sábio, qual é a diferença entre sexy e vulgar?
    Se está na gente é sexy, se está nas outras pessoas é vulgar.
  199. Mestre, se você é sábio mesmo, então diga alguma coisa sábia.
    Há três coisas que jamais voltam: a oportunidade perdida, a palavra dita e tudo que eu empresto.”
  200. Terminarei minha dissertação no prazo?
    Terminar a dissertação dentro do prazo é fácil. Difícil é fazer uma formiga comer sal.
  201. Mestre, onde você mora?
    Moro perto do vizinho lá de casa.
  202. Existe vida depois do pós-doc?
    Existe. Mas é pior que vida de ex-BBB.
  203. Qual é a melhor forma de sair de uma situação constrangedora?
    Fazendo um moonwalk.
  204. Por que sua sala é tão bagunçada?
    É pra combinar com os meus sentimentos.
  205. Sábio Orientador, você não gosta de mim?
    Liga pra minha preocupação e vê se ela atende.
  206. O que é o amor?
    É uma enfermidade temporária que se cura com o casamento.
  207. Mestre, o Sr. viu pra onde foi a minha criatividade?
    Ela deve ter fugido com a sua beleza.
  208. Mestre, o que fazer quando a apresentação é oral?
    Como dia a Marta Suplicy: “Relaxe e goze“.
  209. Ó mestre dos mestres, namoro pela internet dá certo?
    Só até o momento em que se conhecerem pessoalmente.
  210. Mestre, o que acontece se eu tomar um tiro durante a pós-graduação?
    Se sujar o laboratório de sangue, vou fazer você lavar.
  211. Quando o mundo irá acabar?
    Se você olhar bem o noticiário vai perceber que, na verdade, o mundo já acabou e a gente ficou.
  212. Sábio, como posso me tornar um herói?
    Herói é um indivíduo que não teve tempo de fugir.
  213. Mestre, qual é a punição por bigamia?
    Duas sogras.
  214. Como fazer uma idiota esperar 24 horas?
    Amanhã eu te conto.
  215. Como posso fazer minha orientadora aprovar minha qualificação?
    Faça a simpatia de Nossa Senhora da Qualificação: um mês inteiro trabalhando o dia todo no texto da qualificação. Geralmente a simpatia dá certo.
  216. O que deve fazer uma mulher quando seu marido corre em ziguezague pelo jardim?
    Continuar a atirar.
  217. Mestre, meu orientador saiu de férias, o que eu faço?
    Festa do pijama no laboratório.
  218. Sábio orientador. Tenho um mês para entregar a versão final da minha dissertação e defender e meu orientador não leu nenhuma vez o que eu escrevi. Qual o seu conselho para isso?
    O de sempre: use protetor solar.
  219. Sábio Orientador, a cultura de neurônios que acabei de fazer dará certo?
    Não, com a cultura de hoje em dia eles sairão por aí cantando funk e discutindo sobre o BBB.
  220. Mestre, não tenho orientador ainda, o que faço?
    Comemore enquanto pode.
  221. Mestre o senhor falou em certa resposta para incluir os jogos do Corinthians no Lattes. O senhor recomendaria o Palmeiras, em substituição, já que em termos de grau de excelência e títulos, esse ganha?
    Mas você já era nascido quando o Palmeiras ganhou esses títulos? Porque, ultimamente, a única taça que palmeirense levanta é a de champanhe no ano novo.
  222. Grande Mestre, o que fazer com as dificuldades econômicas quando a sua bolsa atrasa?
    Faça uso do velho ditado popular: “Devo, não nego. Pago quando a bolsa cair.”
  223. Você aceita troco em balinhas?
    Não, prefiro meu troco em clipes.
  224. Sábio orientador, porque meu orientador dá A para todo mundo no estágio em docência, mesmo que a pessoa não tenha dado aula?
    Porque ele não leva isso a sério.
  225. Mestre, o que fazer quando meu orientador me diz que devo acelerar?
    Que você anda muito lerdo.
  226. Você está na faculdade? Por que não atende o telefone?
    Não, estou no motel gabaritando o Kama Sutra e a posição da catapulta me impede de falar ao telefone.
  227. Se a banca dormir, podemos pular para os slides do final da Qualificação?
    Acordá-los com uma buzina daquelas de navio seria mais apropriado. E divertido.
  228. Quando o juiz mostra um cartão vermelho para o jogador, o jogador deve ser expulso?
    Não, o juiz só quer saber se o jogador é daltônico.

  229. Ó sábio orientador, tu que sois o exemplo a ser seguido, a sapiência em pessoa, a sagacidade plena, me responda: como falar tudo o que quero em apenas 15 minutos?
    Corte a parte em que você fica puxando saco.
  230. Mestre, começarei o mestrado em Março. Por que insisto em ler algumas das perguntas e respostas aqui? Masoquismo, ingenuidade ou o quê?
    Procrastinação. E sinto te informar, mas ela será companhia constante na sua pós.
  231. Como fazer com um orientador que mesmo após terminado o doutorado ainda enche o saco?
    Compre um kit descarrego.
  232. Eu faço todo o trabalho nos artigos que publico (incluindo pesquisa bibliográfica e análise dos dados), por que tenho que colocar o nome do meu orientador nos meus trabalhos?
    Porque ele está no topo da cadeia alimentar. Por isso, não vacile.
  233. Mestre Supremo, meu orientador descobriu que sou macumbeiro e ele está com medo de que eu tenha feito algum trabalho contra ele. O que eu faço?
    Faça um trabalho para que ele não fique mais com medo.
  234. O que faz o assassino quando se aposenta?
    Mata o tempo.
  235. Mestre, realizo uma pesquisa, só que meu orientador é meu namorado, e muitas vezes, quando nos reunimos para discutir sobre a pesquisa, ele procura ser bem sucinto para sobrar tempo para sexo… O que eu faço?
    Depende. O sexo é bom?
  236. O que significa quando a primeira coisa que sua orientadora diz quando vê você depois de muito tempo é: seu cabelo está desarrumado?
    Que você está parecendo uma “joana doida”.
  237. Meu orientador está no Peru e eu tenho que defender daqui 2 meses, o que eu faço para falar com ele para ele tentar corrigir minha dissertação?
    Mande um lhama-correio com a sua dissertação e reze para ela achar o caminho.
  238. Porque médico não faz doutorado e é chamado de doutor?
    Por causa da humildade, que é muita nessa profissão.
  239. Qual é a parte do corpo feminino que cheira bacalhau?
    O nariz.
  240. Mestre, porque demoras tanto para responder aos meus e-mails?
    Sei que você pode não acreditar, mas faço outras coisas na vida além de orientar você.
  241. O que acontece com o homem quando chega na “meia-idade”?
    O trabalho dá menos prazer, e o prazer dá mais trabalho.
  242. Meu professor me chamou de burra que resposta eu dou a ele?
    Sabia que tínhamos algo em comum!
  243. Como me livrar de um orientador-fantasma?
    Ajude-o a terminar seus assuntos inacabados, para que ele possa seguir em direção à luz.
  244. O que faço com a dona louca da casa que alugo um quarto?
    Molhe todas as roupas dela e coloque no congelador.
  245. Mestre dos Mestres, porque sou obrigado a inseri-lo no rol de agradecimentos da tese ainda que você só tenha me atrapalhado?
    Como se alguém fosse ficar lendo tese hoje em dia… Relaxa, ninguém vai ver.
  246. Por favor, se puder me ajudar, me mande uma monografia de um projeto de um semáforo temporizador simples?
    Ah tá. Aproveita que está sonhando e pede um pônei também.
  247. O que eu faço com um orientador dramático?
    Convide-o para fazer parte de um grupo teatral.
  248. Mestre, terminei a faculdade, já estou empregada, feliz e penso em fazer pós-graduação? O que o senhor acha?
    Que se começar uma pós-graduação, irá tirar o “feliz” da frase acima.
  249. Sábio Orientador, o que fazer quando na sua banca de Comunicação Oral num Congresso, não há ninguém da sua área, e você é o único representante?
    Conte todas as mentiras que sempre teve vontade de dizer.
  250. Por que que meu orientador finge que meus anexos não chegam e não lê o que escrevi?
    Porque se ele fosse sincero, você iria ficar chateada.
  251. O que acontece se eu prender minha respiração enquanto espero suas orientações?
    Você vai morrer por asfixia.
  252. Mestre, o que fazer pra ter mais atenção do Orientador no meio de um projeto com mais 7 alunos?
    Comece a perder os prazos.
  253. Por que a banca adora ver a desgraça do aluno?
    Porque no dos outros é refresco.
  254. Sábio, minha orientadora é muito boazinha, dá rizada de tudo e está sempre bem humorada, ela só tem um defeito, não me orienta, o que eu faço?
    Inscreva-a no processo seletivo para Patati Patatá.
  255. O que é mais difícil no doutorado?
    Terminá-lo.
  256. Minha orientadora não fez marcações alguma em meu primeiro capítulo e na orientação disse apenas que gostou do texto, o que isso significa?
    Que a sua banca de defesa será um show a parte. Leve lenços.
  257. Como aguentar a disputa de um marido que está escrevendo o TCC e que esqueceu que eu estou terminando a dissertação?
    Faça chantagem com o sexo. Quero ver ele abrir mão.
  258. Meu orientador não fala comigo o que faço?
    Aprenda a linguagem dos sinais.
  259. Mestre, como faço pra perder a barriga?
    Coma menos.
  260. Você sabe responder perguntas em japonês?
    オンライン翻訳者の助けを借りてのみ
  261. Sábio orientador, como posso impressionar a banca examinadora?
    Conte histórias de fantasmas durante a defesa.
  262. Como se chama uma pessoa que faz uma pergunta a uma outra pessoa e a mesma pessoa responde?
    Faustão.
  263. Minha amiga que é do mesmo laboratório que eu, não quer ir no rodízio em meu aniversário porque marcou de sair com outro amigo. O que fazer para convencê-la?
    Diga que durante o rodízio vocês irão discutir quais nomes irão nos próximos artigos do laboratório.
  264. Sábio Orientador, qual a pergunta sobre a vida, o universo e tudo mais, cuja resposta é 42?
    6 x 7 = ?
  265. Mestre, o Facebook é um bom caminho para a construção do saber acadêmico?
    Não, ele é a mãe de todas as procrastinações.
  266. Como fazer para participar de uma infinidade de eventos pelo mundo todo com a bolsa-merreca da CAPES?
    Vá a pé.
  267. Mestre, o que o meu orientador quis dizer com “você é muito direta e isso é bom, mas nem tanto“?
    Que você disse algo que era verdade mas que com certeza ele não gostou de ouvir.
  268. Meu orientador realmente pode me matar se eu não defender no prazo?
    Não. Provavelmente isso irá ficar só na vontade dele mesmo.
  269. Sábio, o que você acha de eu desenvolver uma análise sensorial das mulheres fruta? Consigo verbas para o projeto?
    A única certeza é que você terá uma quantidade incrível de estagiários se voluntariando.
  270. Por que meu orientador concorda com tudo que falo?
    Porque ele não presta atenção no que você fala.
  271. Mestre, o meu orientador só fica no Facebook, o que eu faço com ele?
    Adicione-o no seu perfil.
  272. Mestre, o que fazer com um orientador que dá em cima de mim?
    Depende. Ele é bonito?
  273. O senhor aceita participar da minha banca de qualificação?
    Claro, quem não gosta de colocar defeitos nos trabalhos dos outros, não é mesmo?
  274. TCC em tempo recorde, tipo uma semana, como faz?
    Ctrl + C e Ctrl + V. E prepare-se que a banca vai ser divertida.
  275. O que fazer quando o orientado está mais antenado que o orientador?
    Compre uma antena para ele também.
  276. Pergunta básica. Você é AI ou é humano?
    Tente um ser mais Superior…
  277. Mestre, o que devo fazer com minha querida orientadora quando ela lê minha dissertação e comenta: acho que não estou entendendo mais nada, acho que estou cansada!
    Que o texto está uma droga, mas ela já desistiu de tentar consertar.
  278. Minha pesquisa está atrasada, o que eu faço?
    Pesquise.
  279. Mestre, o que fazer com um (des)orientador que sumiu?
    Chame os amigos e comemore.
  280. Sábio Orientador, estou no mestrado e quero ir para o Doutorado. O que devo fazer?
    Arrepender-se enquanto ainda dá tempo.
  281. Casamento, filho e pós-graduação combinam?
    Combinam com uma baita gastrite e várias cefaleias.
  282. Como matar minha orientadora?
    Publique um artigo em um periódico internacional e não coloque o nome dela.
  283. Só assisto bancas de TCC como ouvinte, posso incluir isso no meu Currículo Lattes?
    Claro. E aproveite para colocar os jogos do Corinthians também.
  284. Você recebe mais quanto maior o número de orientados?
    Recebo mais dores de cabeças e trabalho para fazer.
  285. Serei um pesquisador de sucesso?
    Isso irá depender do quanto você consegue ficar longe da internet.
  286. Mestre, porque uma hora ou outra a gente chora pelo projeto?
    Todo relacionamento tem seus altos e baixos. É a vida.
  287. Mestre, por que os orientadores dos outros amigos são sempre mais legais que o nosso?
    Porque seus amigos mentem para você. Orientador é tudo igual.
  288. Quando que serei reconhecido pela comunidade cientifica?
    Mais ou menos quando estiver para aposentar.
  289. Oi gatinho! Qual é seu telefone?
    É um Motorola EM28.
  290. Sou mulher e quero muito cursar Ciência da Computação, como faço para passar no vestibular?
    Estude.
  291. O que vai acontecer na minha vida daqui a 10 anos?
    Você estará dez anos mais velha.
  292. Por que fazer um cronograma de pesquisa?
    Para que você possa saber o quanto está atrasada no seu projeto.
  293. Como me dar bem no exame de qualificação?
    Não seja muito sincero.
  294. Mestre, por que você trata as orientadas melhor que os orientados? Onde fica o princípio da isonomia?
    Depois do instinto de perpetuação da espécie.
  295. Sábio Orientador, por que muitos artigos terminam com “novos estudos deverão ser realizados“?
    Porque é melhor do que escrever “com os nossos resultados, não conseguimos chegar a conclusão alguma“.
  296. Mestre, como posso impressionar uma alemã?
    Cerveja.

  297. O que fazer quando o orientador é mais falcatrua que o orientando?
    Se não pode vencê-lo, junte-se a ele.
  298. Qual sua banda favorita?
    Não tenho banda favorita. Sou muito atlético.
  299. Mestre, minhas células estão morrendo. O que eu faço?
    Um testamento. Ou então aquele financiamento em 60 vezes.
  300. É ilegal fazer dois mestrados ao mesmo tempo?
    Não. Mas saudável também não é.
  301. Errei muito feio por não ter entregue o relatório antes para a minha orientadora?
    Nada que dez chibatadas não resolvam.
  302. Sábio orientador, por que a gente se mata escrevendo resumos para congressos que ninguém vai ler?
    Porque conta pontos nos concursos.
  303. Mestre, tantos doutores desempregados por aí ou dando aulinhas para ganhar 17 reais/hora aula. O que pensa sobre isso?
    Penso que seja algo natural em mundo onde Luan Santana ganhe milhões por ano.
  304. Mestre, por que minha gata não fica boa de uma doença respiratória que tem há quase 2 anos? É culpa do veterinário?
    Já pensou alguma vez em limpar a casa?
  305. Mestre dos mestres: se o mestrado só serve pra poder prestar uma prova de doutorado, pra que serve o doutorado?
    Para você poder prestar um concurso para professor/pesquisador.
  306. É correto escrever pós-graduanda no currículo?
    Acho que a pergunta certa seria “de que adianta escrever pós-graduanda no currículo?
  307. Minha orientadora tá mais preocupada em buscar muamba no Paraguai do que me orientar, o que faço com ela?
    Uma listinha de encomendas.
  308. Mestre por favor, nos diga, afinal, as bolsas aumentarão de valor ou não?
    Diz a profecia que um dia chegará à presidência da Capes um salvador que irá aumentar as bolsas da pós-graduação. E tem gente esperando por esse dia há 20 anos.
  309. Mestre, por que meu orientador está sempre correndo?
    Porque faz bem ao coração.
  310. Por que suas respostas não passam de uma linha?
    Para que você não tenha preguiça de ler.
  311. Mestre Orientador, por que vocês nos desorientam?
    Porque é divertido.
  312. Antes era o Forró Universitário, agora tem o Sertanejo Universitário. Tudo que é ruim vem de uma universidade?
    Enquanto não surgir o Funk Universitário, não dá para generalizar.
  313. Devo estudar para passar no concurso?
    Não, tente passar na sorte mesmo.
  314. Mestre por que você nunca respondeu a minha pergunta?
    Porque gosto de parecer ocupado.
  315. Por que os homens são tão cretinos e as mulheres tão idiotas?
    Se você realmente pensa isso, provavelmente não conhece muito sobre as mulheres.
  316. Como ganhar na loteria?
    Apostando e tendo sorte.
  317. Mestre o que fazer quando você já não aguenta mais aplicar o teste que é seu instrumento de coleta de dados, e ainda não chegou nem na metade das coletas?
    Faça um folheto autoexplicativo.
  318. O que seria um projeto de mestrado interessante?
    Um que explicasse o sentido da vida.
  319. O orientador tem sempre razão mesmo, ou ele apenas acha isso?
    A única vez que eu não tive razão na vida foi quando achei que tinha errado.
  320. Sábio Orientador, preciso de uma epígrafe para a minha dissertação. Você tem alguma sugestão?
    Liberdade, ainda que tardia
  321. Meu avaliador externo é um “Deus”? isso é bom ou ruim?
    Isso quer dizer que é melhor você começar a rezar.
  322. Por que é tão difícil passar num mestrado?
    Porque se fosse fácil se chamaria miojo, e não pós-graduação.
  323. Estou com dois meses de mestrado, minha vida social anda melhor que antes, acabou de chegar uma cara super gato no meu prédio e a bolsa está para sair. Quando é que tudo vai virar e ficar ruim como vocês falam por aqui?
    As coisas sempre melhoram um pouco antes de piorar. Tenha fé.
  324. Oh Sábio, porque meu orientador sempre muda de ideia, tem ideias novas e esquece do trabalho que eu fiz toda vez que converso com ele? Onde isso vai parar?
    Em um show de críticas na banca. Prepare a pipoca.
  325. Mestre, porque quando envio os textos que escrevo ao meu orientador ele sempre me responde o e-mail com a mesma frase (“Está muito bom“)?
    Porque ele nem lê.
  326. Sábio orientador, o que fazer agora que perdi a bolsa de mestrado que tinha?
    Tente desenvolver habilidades que possam ser exploradas em um semáforo, tipo malabarismo.
  327. Sábio orientador, estou no mestrado e fui chamado pra fazer parte de uma banca de TCC. Estou indo para o lado negro da Força?
    Está, e o pior de tudo é que você ainda tomará gosto por essa vida de pobreza.
  328. Mestre por que as mulheres não me dão atenção mestre?
    Porque falta beleza ou dinheiro. Ou ambos.
  329. Sábio Orientador, depois do mestrado ando falado sozinha, o que será que eu tenho?
    Você tem a certeza de que está cursando a Pós-Graduação da maneira certa.
  330. Mestre como fazer um projeto científico sem orientador?
    Isso não faz o menor sentido. É como voar sem piloto.
  331. De quem Viviane gosta realmente?
    A lista é meio grande, acho que não vai caber aqui.
  332. Sábio Orientador, acabo de entrar no mestrado. Que conselhos me dá?
    Use filtro solar.
  333. Grande sábio, estou no Doutorado e quero fazer outro mestrado ao mesmo tempo. É possível isso?
    A pergunta certa seria: “Isso é mesmo necessário?
  334. Porque os congressos geralmente são em cidades com praias?
    Porque se não fossem, ninguém iria.
  335. Oh, sábio orientador, como manter a paciência com as crises de insegurança de capacidade intelectual de minha namorada que está prestes a acabar o mestrado e a entrar no doutorado?
    Tente Yoga.
  336. Mestre, porque meu orientador me dá tantos trabalhos pra fazer em um curto período de tempo? Será que não posso ter vida extra universidade?
    Não.
  337. Porque minha orientadora deixa tudo pra última hora? E deixa todos seus orientandos loucos?
    Porque ela leva a sério o papel dela na sua formação.
  338. Mestre, por que eu esqueci a pergunta que ia te fazer?
    Porque a Pós-Graduação já começou a fazer efeito.
  339. Oh, sábio orientador, por que desconheces o significado da palavra “feriado”?
    Porque esse verbete não existe no Dicionário da Pós-Graduação.
  340. Sábio Orientador, estou em dúvida entre escrever a tese ou montar uma banda chamada “Toque Louco de Gramsci”. O que o Sábio me recomenda?
    Recomendo você escolher um nome melhor para a sua banda.
  341. Mestre! Por que o Senhor me faz perguntas até eu errar?
    Pura diversão.
  342. Mestre! Por que raios ninguém sabe me explicar os critérios de concessão de bolsas no departamento da pós?
    Porque se todos ficarem sabendo que isso é decidido em um campeonato de truco entre os orientadores, talvez alguém questionem os critérios.
  343. Sábio orientador por que existem orientadores fantasmas?
    Porque eles não conseguem abandonar seus laboratórios e seguir em direção à luz.
  344. O que é projeto de pesquisa?
    É um planejamento de como as coisas não irão acontecer na nossa pesquisa.
  345. Mestre, a pressão da defesa da minha qualificação pode me causar danos mentais a ponto de eu ficar com um cara feio?
    Não, a melhor desculpa pra fazer esse tipo de besteira ainda é o álcool.
  346. Caro Orientador, terminei o mestrado e estou esperando o pedido de bolsa para o doutorado. Enquanto isso meu orientador me deu um “trabalho extra” para conseguir um dinheirinho. No momento minha namorada está me ajudando com isso. Qual a sua opinião a respeito disso?
    Se terminar com essa sua namorada, me avise.
  347. Grande sábio, meu orientador após falar uma bobagem se jogou do barranco da universidade, mas sobreviveu porque “tem cabeça dura”, como ele disse. Isso é normal?
    É sim. Um dia você também chega lá..
  348. Se uma pessoa te pergunta porque você fez sexo com ele o que responderia?
    Piedade.
  349. Caro sábio porque temos apenas 40 minutos para defender nossa tese e a banca 5 horas para nos detonar?
    Porque detonar alguém é muito mais divertido que uma apresentação chata.
  350. Sábio, como faço para me recuperar do trauma do mestrado?
    Entre no doutorado e arranje um trauma ainda maior.
  351. Oh, sábio orientar, o que devo fazer com as crises quinzenais de minha namorada que está tentando acabar o seu mestrado?
    O que todo homem faz: ignorá-las.
  352. Querido mestre, o que fazer quando eu acho aquele artigo que vai resolver todos os meus problemas, porém não está disponível na web?
    Se entregar ao suplício da famigerada Comutação Bibliográfica.
  353. Oh, Grande Sábio!! Desde que entrei no mestrado perdi o namorado, a família, a vida social, uma casa decente, boa alimentação, conforto, sono, juízo, equilíbrio emocional e amor próprio. Dê-me um fio de esperança, ganharei algo no fim do mestrado, que possa compensar tudo isso?
    Se for boazinha, ganhará a chance de poder candidatar-se a um doutorado.
  354. Mestre, um amigo, colega de mestrado, me pediu para ver os capítulos da minha dissertação. Devo emprestar, se o texto ainda não foi publicado? Ou é melhor perder o amigo?
    Eu perco o amigo mas não perco a publicação, claro.
  355. Mestre, qual o sentido da ABNT?
    A ABNT é um conjunto de normas criadas para serem solenemente ignoradas por todos os periódicos, que insistem em elaborar normas próprias.
  356. Como fazer os alunos entenderem que devem bater na porta antes de entrar na minha sala?
    Coloque um balde com água fria sobre a porta.
  357. O que eu faço se o meu orientador é paraguaio?
    Peça para ele trazer uns eletrônicos na próxima vez que ele for visitar a família.
  358. Por quê sinto dores nas articulações?
    Isso costuma ser um problema com de D.N.A. (Data de Nascimento Avançada).
  359. Sábio Orientador, porque parece que você não sabe nada sobre o tema do meu trabalho?
    É que eu não quero influenciar as suas ideias.
  360. Sábio, como adquiro paciência com professores ignorantes?
    Pense que um dia você pode se tornar um.
  361. Oh Sábio Mestre, por que a empregada do Tom & Jerry nunca mostra seu rosto?
    Preguiça dos desenhistas.
  362. Sábio Orientador, ocorrerá um congresso importante na minha área no CE, mas eu moro no RS e estou sem dinheiro para passagem. O que devo fazer?
    Comece a andar agora. A caminhada é um pouco longa…
  363. Mestre, o que fazer quando saio de uma reunião com meu orientador mais perdido que quando entrei?
    E não é esse o papel de todo orientador?
  364. Por que os pós-graduando choram (principalmente as mulheres)?
    Porque descobriram que só vão ganhar algum dinheiro de verdade após os trinta anos.
  365. Mestre Orientador, de onde vem o DOM de me perguntar só sobre aquilo que eu não sei?
    Anos e anos de prática.
  366. Sábio orientador, se você for meu orientador, tenho chances de ganhar o Nobel?
    Se você conseguir terminar dentro do prazo, já se dê por satisfeito.
  367. Sábio orientador como dizer ao meu orientador que não inclui a analise pedida pela banca porque ELE disse que não era para incluir?
    Para esses momentos, utilize as sábias palavras do Ten. Fábio, no filme Tropa de Elite: “Pô orientador, quer me f… me beija!
  368. Oh sábio mestre, quando reexaminamos estudos paleontológicos recentes, constatamos que essa era realmente ocorreu antes de Cristo. Se isso é uma verdade então por que os Flintistones comemoram o Natal, uma vez que eles são da era ante de Cristo? Intrigante não?
    Porque eles eram visionários.
  369. Sábio Orientador, pós-graduando e NERD são a mesma coisa?
    Não. O pós-graduando é a evolução do nerd.
  370. Qual o maior dom de um orientado?
    Me ligar nos horários mais impróprios.
  371. Sábio orientador, é muita ingenuidade te adicionar nas redes sociais?
    Não, desde que você nunca faça atualizações.
  372. Perdi meu namorado para mestrado e agora ele só anda com as meninas do laboratório dele, o que devo fazer?
    Aproveitar que você se livrou do mané e curtir a vida.
  373. Mestre minha defesa de Mestrado é daqui uns 15 dias! Tem algum conselho?
    Leve um pacote de lenços.
  374. Sábio orientador, preciso fazer uma pós-graduação para entender as complexas letras do Parangolé?
    Na verdade o que você precisa é aumentar consideravelmente o teor de álcool no sangue.
  375. Sábio, o que devo fazer nestes dias de feriado unidos ao final de semana?
    Exatamente a mesma coisa que você faz em todos os dias.
  376. Por que meu artigo nunca fica pronto?
    Porque ele não irá se escrever sozinho.
  377. Sábio orientador, por que meus olhos doem tanto faltando 10 dias pra acabar meu prazo pra entregar minha dissertação?
    Porque sua avó estava certa: “computador faz mal pras vistas“.
  378. Sábio mestre, existe projeto de doutorado inovador e na fronteira do conhecimento acadêmico?
    Existe. Mas nunca vi algum até agora.
  379. Mestre, o que devo fazer para ser um professor bem sucedido financeiramente?
    Seja dono de sua própria faculdade, claro.
  380. Sábio mestre: se eu encher meus gráficos de asteriscos mesmo que não haja significância, vou conseguir publicar, já que eles ficam mais impressionantes?
    Se é assim, coloque umas florezinhas, pra ficarem também mais bonitinhos.
  381. Como faço pra meu orientador ter tempo e atenção?
    Você precisa é de terapia pra resolver essa sua carência.
  382. Devo largar meu doutorado e virar hippie?
    E tem diferença?
  383. Mestre, o nerd de hoje é o cara rico de amanhã?
    Em 1% dos casos, sim. Nos outros 99% o nerd de hoje é o virgem de 40 anos de amanhã.
  384. Mestre tenho transtorno de personalidade múltipla e tendências suicidas. O que devo fazer?
    Ficar longe de objetos cortantes ou pontiagudos, obviamente.
  385. Por que alguém decide entrar num doutorado, afinal?
    Vontade de ser chamado de doutor.
  386. Por que o salário dos deputados aumentam tanto e as bolsas nunca?
    Porque esse povo brasileiro vota melhor do que dirige.
  387. Sábio Orientando, e quando você ganha uma Desorientadora?
    Fudeu.
  388. O que pode me dizer de doutores por mérito?
    Que o Lula é um. Precisa dizer mais alguma coisa?
  389. Quem é você?
    Sou aquele que responde as perguntas que você envia.
  390. Por quê cadeira se chama cadeira e não mesa?
    Isso é coisa de português. Em japonês, por exemplo, cadeira e mesa tem o mesmo nome.
  391. Por que você cobra para mandar cada capítulo mensalmente, se você nunca lê, só dá uma olhada por cima?
    O importante é a pressão psicológica. Se vou ler ou não é o de menos.
  392. Oi, eu estou bem hoje?
    Está. E espero que esteja disponível para mais um dia de trabalho no laboratório também.
  393. Caro Sábio Orientador, as mulheres se jogaram aos meus pés depois que eu for doutor??
    Não mesmo.
  394. A pessoa que amo ainda me ama?
    Ama sim. O problema é que ama outras pessoas também.
  395. Mestre, Quando poderei começar a ler coisas interessantes para a minha dissertação de mestrado?
    Deveria ter começado ontem.
  396. Vou ganhar uma bolsa durante a pós-graduação ou não?
    Se casar e tiver filhos, pode tentar o bolsa-família também.
  397. Por que o senhor nunca está satisfeito com o meu trabalho?
    Porque não ando satisfeito nem com a minha vida, quem dirá com o seu trabalho.
  398. Quero saber quanto dá 25% de um salário mínimo.
    Dá pra tomar um cafezinho e comer um pastel no mercado central. E só.
  399. Se um homem te desse um cartão com número de telefone, e no verso escrevesse “você é capaz de me ligar?“, o que você faria?
    Mandaria ele deixar de ser muquirana e colocar créditos no celular dele.
  400. Por favor me conte, qual é a chave para ser um professor e orientador admirado e requisitado?
    Abdicar de todo e qualquer tipo de vida social ou pessoal.
  401. Mestre o que faço? Defenderei o mestrado em junho e ficarei sem bolsa, só poderei entrar no doutorado em 2012 para ter a nova bolsa! E agora como vou sobreviver?
    Você possui alguma habilidade que possa ser explorada em um semáforo?
  402. Sábio mestre, o senhor já viu alguma reprovação da banca de mestrado? O que pode dizer da minha defesa que será daqui há um mês?
    Desculpe, sou contra spoiler. Odeio estragar surpresas.
  403. Mestre, ingerir bebidas alcóolicas um pouco antes das aulas do mestrado ajuda na produtividade?
    Ajuda você a passar a maior vergonha da sua vida. Experimente.
  404. Sábio orientador, qual é a inspiração te levou a seguir esta carreira?
    Não me lembro o nome, mas era algum destes ditadores da América Central.
  405. Sábio Orientador, acabei de entrar no mestrado e em menos de um mês já tenho uns 15 livros para ler. O que eu faço?
    Comece a ler.
  406. Me responda, ó sábio orientador, o que é metodologia de pesquisa?
    É uma forma de fazer a ficção científica deixar de ser ficção.
  407. Sábio Orientador, minha mãe me dizia “filha você é tão linda, vai ter um futuro brilhante“, mas eu fui estudar e fazer mestrado e aí já sabe né, deu merda. E agora? O que eu faço?
    Termine a pós-graduação, torne-se professora e desconte suas frustações em seus orientados.
  408. Como continuar escrevendo um artigo em que não aguentamos nem ouvir falar mais sobre a temática?
    Finja que é outra pessoa e que adora esse tema.
  409. Por que meu orientador sempre acha que eu posso fazer mais do que sou capaz?
    Vai que cola?
  410. Mestre, o que fazer quando se precisa ler um texto que não se consegue entender?
    Tente lamber o próprio cotovelo.
  411. Ilumine meu caminho sábio orientador, o que faço depois do doutorado: ‘trabalho’ ou faço um pós-doc e continuo na miséria vivendo de bolsa de estudo?
    Trabalhe. Chega uma hora na vida que a pessoa cansa de ser pobre.
  412. Mestre, por que o senhor demora para responder minhas perguntas?
    É que eu gosto de criar um clima de suspense.
  413. Como terminar uma dissertação com um tema que não me interessa?
    Assim: “Estrelinha, jogo da velha e… acabou.”
  414. Senhor da sapiência do Universo, tu me defenderás na qualificação?
    Igual a um zagueiro do Corinthians na Libertadores.
  415. Mestre o que você diria se eu falasse que não vou aí te apresentar minha aula de defesa do mestrado e se você quiser muito ver mesmo, te apresento uma hora antes da banca chegar?
    Diria que eu vou garantir que você seja reprovado na banca, mané.
  416. Caro mestre, quando terei o poder de sumir que nem meu orientador?
    Quando conseguir entrar para a nossa sociedade secreta.
  417. Quem devo convocar pra minha defesa de doutorado? Alex Silva ou Junior Baiano?
    O Messi. A melhor defesa é o ataque.
  418. Pra quê fazer mestrado?
    Para poder fazer o doutorado.
  419. Sábio Orientador, por que o pato Donald sai do banho com uma toalha enrolada na cintura se ele nao usa calça?
    Para não molhar o chão e tomar bronca da Margarida.
  420. Eu vou ter um grande amor?
    Vai. Pela sua tese.
  421. Como você se define?
    Ruim por natureza, mas bom por necessidade.
  422. O que você acha do livro Lua Nova?
    Bom, eu sou do tempo em que vampiros eram machos e cruéis.
  423. Por que as pessoas desejam fazer mestrado?
    Masoquismo.
  424. Como vai ficar minha monografia?
    Toda pintada de vermelho, depois que eu corrigi-la.
  425. O que faço para emagrecer?
    Coma menos.
  426. Sábio Orientador, por que tu não tens tempo para revisar o meu artigo porém tens tempo para usar o Facebook?
    Porque tenho prioridades na vida.
  427. Como finalizar uma dissertação em dois dias?
    Finalizá-la em dois dias é fácil. A banca aprová-la é que será difícil.
  428. Porque eu ganho 545 reais e os deputados 25.000 se eu fiz questão de não votar em nenhum deles nas eleições?
    Exatamente por causa de manés que votam como você.
  429. Como faço para alguém me notar na balada?
    Tropece.
  430. Você sabe alguma simpatia de começo de ano pra conseguir dinheiro?
    Conheço: trabalhar.
  431. Grande mestre, me ilumine com sua imensa sabedoria. Diga-me: se natação emagrece, por que a baleia é gorda?
    Porque elas desconhecem as ações sublimes de um copo de herbalife.
  432. Não consigo escrever a conclusão! Socorro, Sábio Orientador!
    Sugestão de considerações finais: “Isso é tudo pessoal“.
  433. Querido Orientador, que dia você irá mandar publicar se sou ou não sua orientada?
    Quando Júpiter estiver em Capricórnio.
  434. Mestre, por que nas aulas da pós graduação discute-se artigos? Na graduação era muito mais fácil ficar na aula dormindo e o professor ficar falando sem parar.
    É que na pós-graduação os professores são mais espertos.
  435. Qual termo que se usa para dizer que está fazendo pós-graduação?
    Trabalho escravo.
  436. Doutor (mestradinho não dá), por favor, como diminuir o sofrimento daqueles que seguem a Bolsa Reuni?
    Sorvete de passas ao rum.
  437. O que será melhor? Fazer mestrado em Florianópolis e ficar perto da praia e badalação, ou ir para USP e ficar próximo dos nerds?
    Se o mestrado for em Bronzeamento Natural, é melhor ficar em Floripa.
  438. Sou praieiro, sou guerreiro, tô solteiro, quero mais o quê?
    Que tal trabalhar um pouco, meu jovem?
  439. Qual seria o resumo da história da humanidade até agora?
    Falhamos.
  440. Mestre, eu passei no doutorado e tenho medo do meu orientador ser um psicopata de tanto trabalhar. O que devo fazer?
    Um seguro de vida.
  441. Por que pós-graduando não tem férias?
    Porque ele não “trabalha”.
  442. Quando eu estiver fazendo mestrado também vou pagar meia entrada?
    Vai. E assistir meio show.
  443. Querido orientador, gostaria de saber se posso realizar mestrado numa área e doutorado em outra completamente diferente?
    Pode, mas não irá servir para muita coisa.
  444. Mestre, estou terminando a graduação agora, me diga uma coisa: o que dá mais status, mestrado ou pós lato sensu?
    Ter dinheiro.
  445. Querido orientador, ano novo, vida nova que tal o renovarmos nossa relação, o que acha? Por que o senhor não para de usar tudo o que falo contra mim e por que fica lendo meus twittes e depois usa isso contra mim? Dá pra parar de pegar no meu pé?
    Sinto muito, mas não sou do tipo de pessoa que faz promessas no começo do ano.
  446. Meu orientador, da graduação, fez nem sequer uma correção na minha monografia ainda. E tenho que entregar em menos de uma semana. O que devo fazer?
    Se preparar psicologicamente para a surra na banca.
  447. Caro Sábio Orientador, se você nunca tem tempo para responder meus e-mails, pois diz estar em bancas, eventos e etc., como arruma tempo ao longo do semestre para fazer turismo pela Europa?
    É tudo uma questão de prioridades.
  448. Magnífico Mestre dos Mestres, será que minha orientadora revisará meu artigo antes do Natal e conseguirei submetê-lo para publicação antes do ano novo?
    Claro. Mas e a fadinha dos dentes irá deixar uma moeda embaixo do seu travesseiro.
  449. Caro mestre, meu orientador me jogou para minha coorientadora, que não está nem aí pro meu trabalho. Serei autodidata?
    Só se quiser concluir a pós-graduação.
  450. Fui aprovado pro mestrado, mas não sei trabalho com o tema mais geral ou com o mais específico. O que você me recomenda?
    Recomendo você escolher logo um, parar de “mimimi” e começar a trabalhar o quanto antes.
  451. Estando na graduação, o que fazer da meia noite as 6h?
    Sexo e baladas. Quem não faz isso na graduação, não faz nunca mais.
  452. Não sei fazer o currículo lattes, e agora?
    Aprenda.
  453. Jacaré no seco anda?
    Não, mas em buraco de toupeira, tatu caminha dentro.
  454. Caro e sábio orientador, é possível viver com uma bolsa de mestrado de R$1.200, pagando aluguel, contas, comprando comida e ainda pegando ônibus em cidades baratas como Campinas, Rio de Janeiro e São Paulo?
    Caro orientado, ninguém “vive” durante o mestrado. Alguns “sobrevivem”. E olhe lá.
  455. Sábio Orientador, quantos orientadores são necessários para trocar uma lâmpada?
    Apenas um: ele manda e os orientados trocam.
  456. Sábio, tenho mais chance de conseguir emprego com um mestrado amplo ou mais específico?
    Geralmente você tem mais chances de conseguir um emprego quando não precisa muito de um.
  457. Como eu faço para escolher o tema para minha monografia?
    Comece por aqui: www.google.com.br
  458. Se eu passar na banca, vou para o céu?
    Não, vai apenas fazer parte das estatísticas dos desempregados.
  459. Porque tem alguns arquivos com o nome de StarWars na pasta bin do sistema do meu orientador?
    Se você se espantou com isso, é melhor nem olhar a pasta “Minhas Imagens” então.
  460. Porque o meu orientador não sabe explicar o que ele escreveu na tese de doutorado?
    Não é que ele não sabe explicar. É você que não consegue entender.
  461. Puxar o saco do meu orientador ajuda em alguma coisa?
    Ajuda a aumentar o ego dele. Utilize com moderação.
  462. Mestre, o que acha da pós-graduação à distância?
    Particularmente eu não gosto. Fica difícil sacanear um orientado que não está por perto.
  463. O que acontece com um orientador que não orienta seu aluno?
    Ele fica com mais tempo livre para fazer o que quiser.
  464. Orientador, será que vale a pena ser professor pós-graduado em univerdades particulares?
    Vale, desde que você não se importe em receber apenas como graduado.
  465. Mestre… porque uma faculdade de primeiro nivel publica na internet um edital de pós-graduação dia 25, quando as inscrições se encerraram dia 22?
    Você já ouviu falar em “cartas marcadas”? Pois é.
  466. Sábio Orientador. Defendi! E agora?
    Ajoelha e chora.
  467. O que devo fazer de meia noite as seis?
    Se você está na pós-graduação, a resposta é uma só: artigos.
  468. Como se escreve orientador em inglês?
    Supreme Being.
  469. Casar é bom?
    Tão bom quanto engolir abelhas.
  470. Qual a quantidade de páginas deve ter uma resenha?
    Menos do que a obra resenhada, por favor.
  471. Como tocar violão pra pegar gatinhas?
    Com as mãos. De preferência.
  472. Eu vou me casar com o fulaninho da casa ao lado?
    Mas porque essa necessidade de casar? Ter um caso não seria muito mais divertido?
  473. Por que o orientador parece que odeia seu orientado?
    Porque o orientado sempre faz um monte de perguntas idiotas, como a sua.
  474. Mestre, por que veio uma onda de desanimo após a qualificação?
    Porque você começou a entender o quanto está lascado.
  475. Mestre como que eu faço para passar no vestibular?
    Estude.
  476. Mestre, se banana não tem caroço, por que jacaré não come alpiste?
    Porque papagaio não chupa melancia.
  477. Existe vida após o mestrado e o doutorado?
    Existe. Vida de desempregado.
  478. Eu estou desanimada… Não sei se vou dar conta do meu projeto, esse medo é normal? Que conselho você me daria?
    Deixe de mimimi e execute logo esse projeto.
  479. O que fazer com o painel depois da apresentação? Posso jogar taco com ele ou seria melhor usar a lona pra tampar vazamentos?
    Jogue no lixo. Quem junta coisas inúteis é gente velha.
  480. Caro Sábio Orientador, por que nunca consigo encontrá-lo quando preciso mas o senhor me acha rapidinho quando precisa?
    Competência.
  481. Como alcanço o ócio bem remunerado?
    Bolsa de pós-doutorado.
  482. O senhor vai ficar bravo se eu disser que não quero fazer meu mestrado aqui?
    Claro que não. Nem gostava de você mesmo…
  483. Orientador, como fazer para recuperar um namorado que foi embora?
    Fique nua e leve cerveja.
  484. Mestre, como faço para não entregar os trabalhos em cima da hora e evitar ataques de ansiedade e stress?
    Saia da internet.
  485. Ó sábio mestre! Quando conseguirei alcançar vossa magnitude e sapiência?
    Se você continuar assim, mais umas duas vidas e você consegue.
  486. Porque minha orientadora muda minhas frases mas deixa o mesmo contexto?
    É porque odiamos quando o trabalho é bom e não tem nada pra mudar. Aí a gente tem que mudar algo, nem que for só de sacanagem.
  487. Como eu faço pra respectivamente não perder os prazos, a bolsa e o juízo?
    Abdique de toda e qualquer vida amorosa e/ou social.
  488. Mestre, o doutorado já se finda. Pós-doutorado é loucura?
    É. Mas até aí, o doutorado também era…
  489. Se você é meu orientador por que o senhor não me orienta?
    Porque não gasto vela com defunto ruim.
  490. Por que, quando o senhor está errado, a culpa sobra pra mim?
    Porque é para isso que serve a hierarquia.
  491. Mestre, cansei de estudar e trabalhar. Posso ir embora?
    Não.
  492. Mestre, por que chamam de qualificação a nossa prévia de dissertação, se serve apenas para a banca (inclusive o senhor) nos desqualificar?
    É que se chamássemos de “desqualificação” iria estragar a surpresa.
  493. Você não dorme?
    Não. Mas às vezes você pode me ver tentando enxergar através das pálpebras.
  494. Mestre, como era seu orientador de doutorado?
    Sabia menos do que eu. Mas até que era esforçado.
  495. Se uma pessoa comprar um terreno, ela possui o terreno todo até o centro da terra?
    Claro que sim. Mas por favor termine a sua pós-graduação antes de começar a cavar, ok?
  496. Estou com minha tese atrasada. O que devo fazer?
    Escrevê-la.
  497. Como entra na pós?
    Caro Tarzan, que tal entrar no ensino fundamental primeiro?
  498. Mestre, o senhor conhece o Zupa?
    Conheço. Primo do Mário e amigo do Dunha.
  499. Amado Mestre, digo, Sábio Orientador, recebi um convite para fazer doutorado, mas comecei a lecionar há 02 semanas. O que devo fazer: ganhar dinheiro e viver ou ficar sofrendo por mais 04 anos?
    Você está mesmo se referindo a lecionar quando fala em “ganhar dinheiro“?
  500. Querido Mestre, por que meu orientador sempre acha que eu nunca sei nada?
    Porque ele te conhece melhor do que você mesmo.
  501. Tem como ficar rico depois do Doutorado?
    Claro que tem. Mega-sena, política, reality shows… etc.
  502. Caro mestre, onde encontro um mestrado à distância?
    Em Júpiter.
  503. Há um segredo para a concentração?
    Sim, desligue o computador.
  504. Ao comentar uma apresentação, o senhor sempre começa com os pontos negativos e não com os positivos? Você não se preocupa com a autoestima dos seus alunos?
    Não.
  505. Mestre, porque tem orientador que coloca nome no paper se ele não escreveu o trabalho junto com o mestrando?
    Quando você coloca uma moeda em uma máquina de refrigerante, a lata que sai é sua ou da máquina? Pois é.
  506. Mestre como faço para revisar minha dissertação?
    Imagine que a dissertação é de outra pessoa. É muito mais fácil achar defeitos no trabalho dos outros.
  507. Mestre, por que no dia da defesa, quando a banca me ataca, o senhor não me defende?
    Porque é divertido.
  508. Como fazer pra arrumar um homem que preste?
    Crie ele desde criança. E olhe lá.
  509. Caro e sábio orientador, é tolice minha estar querendo fazer doutorado?
    Tolice maior é usar gerúndio. Livre-se disso!
  510. Olá Mestre, sou docente e também curso o programa de Mestrado faz 1 ano e meio. Com a notícia da CAPES, agora posso receber bolsa. Tenho que fazer o estágio na docência? Estou prestes a defender, provavelmente em Dezembro e o semestre letivo acaba em Março do ano que vem como fico?
    Fica frio. Estágio docência são apenas duas ou três aulas, quando eu estou com aquela preguiça.
  511. Mestre, preciso ser escrota para virar orientadora?
    Não precisa. Mas ajuda na tomada de decisões.
  512. Como achar um tema na área de gestão de pessoas?
    Posso te sugerir um: “Administração de conflitos entre professores universitários“.
  513. Estou terminando o mestrado, devo fazer o doutorado?
    Claro. Mestrado serve pra quê mesmo?
  514. Mestre, é correto comer no laboratório?
    Depende, se a pessoa for bonita, não vejo mal algum.
  515. Mestre por que ao final da tese os orientadores resolvem “humilhar” seus orientados?
    Antes tarde do que nunca, não é mesmo?
  516. Mestre, por que você sempre nega o que disse e sempre diz que disse o que não disse?
    Porque eu vim para confundir, não para explicar (MEDEIROS et al., 1982).

  517. O que fazer quando seu orientador não está e você tem muitas coisa para fazer?
    Festa do pijama no laboratório.
  518. Sábio Orientador, por que alguns orientadores fogem dos orientados como se tivessem poderes da invisibilidade?
    Porque alguns orientados são muito chatos. Prefiro atender vendedores.
  519. Mestre, por que eu resolvi fazer mestrado e doutorado?
    Porque queria que suas opiniões fossem levadas a sério nas reuniões de família.
  520. Por que preciso ir ao laboratório todos os dias se o experimento ainda não começou?
    Capricho meu. Exercer minha autoridade me deixa bem-humorado.
  521. O senhor gosta do doutorado sanduíche com ou sem verdura?
    Eu prefiro o meu com uma cervejinha. Mas respeito quem gosta desse negócio de ver dura.
  522. Mestre, camaleão cego muda de cor?
    Muda. Mas nunca para a cor certa.
  523. Pra que serve o capítulo Revisão de Literatura nas teses?
    Sabe quando você assiste um seriado e ele começa assim “nos episódios anteriores…“? Pois é.
  524. Professor, preciso fazer o que para o senhor colocar meu nome como coautor de um trabalho seu?
    Junte 5 embalagens de creme dental Kolynos e envie para a Rua Saturnino de Brito, 74 – Jardim Botânico.
  525. Grande Sábio Orientador, o senhor lembra o meu nome?
    Não. Mas talvez se você aparecesse pelo menos de vez em quando na faculdade, eu me lembraria.
  526. E se eu não conseguir convencer a banca?
    Se você não puder convencer, confunda.
  527. O que eu faço se meu experimento não funcionar?
    Destrua todas as evidências de que você tentou.
  528. Grande Sábio, vou conseguir descansar nas férias deste mês?
    Não. Quando morrer, descansa.
  529. O que o senhor achou do artigo que escrevi?
    Seu artigo possui muitas partes novas e certas. Infelizmente o que está certo não é novo, e o que é novo não está certo.
  530. Como façu pra entrar no mestrado?
    Sugiro que comece pelas aulas de português.
  531. As notas da prova já saíram?
    Saíram. Foram ali no barzinho tomar um chope, mas mandaram avisar que voltam logo.
  532. Como que eu vou dar conta de estudar tudo isso que o senhor pediu?
    O que é mesmo que você faz da meia-noite às seis?
  533. Eu conseguirei um grupo legal de internato para o ano que vem?
    E isso existe?
  534. O senhor já se esqueceu que um dia foi estagiário também?
    Já.
  535. Existe alguma previsão se eu terei pelo menos um final de semana livre?
    Final de semana livre? Isso não te pertence mais.
  536. Sábio Orientador, por que você implica com o título da minha monografia quando finalmente consigo terminá-la para entregar?
    É o que acontece quando a gente não consegue criticar mais nada no trabalho. Sobra para o título.
  537. Por que os filmes de batalhas espaciais tem explosões tão barulhentas, se o som não se propaga no vácuo?
    Se você quer um filme sem som, que tal assistir Charles Chaplin?
Aviso aos estressadinhos: o conteúdo desta página é de caráter irônico-sarcástico-humorístico. Releve.