Como vários autores podem editar um artigo científico
ao mesmo tempo, em diferentes computadores, por meio do Google Drive.

Em tempos em que a “lei da selva” no meio acadêmico é a discutível “Publish or Perish” (“Publique ou Pereça“), escrever artigos científicos, resumos para congressos e capítulos de livros, entre outros trabalhos acadêmicos, torna-se algo absolutamente comum no cotidiano daqueles que se dedicam à Ciência.

A elaboração de um artigo científico, entretanto, não precisa (e não deve) ser um trabalho solitário. O motivo de um trabalho científico possuir coautores, ao contrário do que prega a atual epidemia de “grupos de publicação“, vai muito além de simplesmente “emprestar” o nome ao trabalho: a contribuição de colaboradores com a pesquisa em si e com a redação científica é fundamental para a ciência de alto nível.

Nesse sentido, gostaria de compartilhar uma experiência interessante que tive recentemente com colaborações em tempo real na redação de trabalhos acadêmicos por meio da plataforma do Google Drive.

GOOGLE DRIVE

Ao usar os editores de documentos, planilhas e apresentações do Google Drive, você e outras pessoas com acesso a um arquivo podem editá-lo ao mesmo tempo. Quando isso acontece, é possível ver o que os outros estão fazendo, tecla a tecla, e eles também poderão ver em tempo real as alterações que você fizer. Parece até bruxaria.

Além desta colaboração em tempo real, possível apenas quando você e seus colaboradores estiverem on-line ao mesmo tempo, se algum colaborador alterar o arquivo na sua ausência, você pode monitorar as atividades referentes ao arquivo e conferir as alterações que foram feitas.

O TUTORIAL

Para acessar a plataforma do Google Drive é preciso utilizar uma conta de algum produto do Google. Com o indiscutível domínio do Google na internet atualmente, é pouco provável que alguém não tenha ao menos uma conta na empresa – vale conta no Gmail, YouTube, Google Plus ou até mesmo aquela conta no finado Orkut.

Após o login no Google Drive, existem várias maneiras de começar a usar os documentos do Google: você pode criar um novo documento on-line, fazer upload de um documento existente ou usar um modelo da galeria de modelos.

Colaboração em artigos científicos em tempo real com o Google Drive

Como começar a usar os documentos do Google: criar um novo documento ou fazer o upload de um documento existente.

Se você está começando o trabalho agora, o melhor é criar um novo documento do Google. Se você já começou o trabalho e quer aproveitar os benefícios da edição simultânea, será preciso fazer o upload do arquivo no Google Drive e convertê-lo no formato “Documentos do Google”. Ative essa opção em “Configurações de upload”.

Colaboração em artigos científicos em tempo real com o Google Drive

Como configurar as opções de upload para converter os documentos em Documentos do Google.

Colaboração em artigos científicos em tempo real com o Google Drive

Após criar ou fazer o upload de um documento, você pode compartilhá-lo com quantas pessoas quiser. Inclua os colaboradores na opção “compartilhar”.

Colaboração em artigos científicos em tempo real com o Google Drive

Em configurações de compartilhamento é possível gerenciar o acesso das pessoas ao documento, incluir pessoas e alterar permissões.

Colaboração em artigos científicos em tempo real com o Google Drive

Para criar um comentário, selecione o texto que deseja comentar, clique em “Comentários” e escreva seu comentário na caixa que irá aparecer.

Colaboração em artigos científicos em tempo real com o Google Drive

Ao lado do botão “Comentários” é possível ver os autores que estão editando ou visualizando o documento no momento. O cursor colorido indica onde o colaborador está editando (cada colaborador é marcado com uma cor diferente).

Colaboração em artigos científicos em tempo real com o Google Drive

Enquanto ocorre a edição do texto, é possível conversar com todos os colaboradores por meio do bate-papo ao lado do documento.

Colaboração em artigos científicos em tempo real com o Google Drive

Se alguém alterou o documento enquanto você não estava on-line, não se preocupe: é possível ver o histórico de alterações e, caso você não concorde com as modificações, pode recuperar versões anteriores.

Colaboração em artigos científicos em tempo real com o Google Drive

A qualquer momento você pode salvar o documento em seu computador, em vários formatos de arquivo.

APLICAÇÕES NO COTIDIANO ACADÊMICO

Ao utilizar esta ferramenta, seus trabalhos estarão disponíveis para você (e para quem mais você compartilhar) em qualquer lugar e em qualquer computador ou aparelho com acesso à internet. Você sempre terá também uma cópia de segurança, caso algum imprevisto aconteça com o seu computador.

Mas o grande diferencial está na possibilidade de várias pessoas poderem editar, ao mesmo tempo, um trabalho. Enquanto um autor escreve, o outro pode formatar as normas da ABNT, por exemplo. É possível dividir as tarefas – enquanto um colaborar insere as figuras, outro elabora as tabelas, outro faz a revisão do texto, etc. – e pedir ajuda, pelo bate-papo, no momento exato em que as dúvidas aparecem. O ganho de tempo é simplesmente espantoso.

Orientadores ou outros autores podem acompanhar o andamento do trabalho, realizar correções ou sugestões ao longo do texto sempre que tiverem um tempo disponível. Descobrir qual é a versão atual do trabalho – e compará-la com as versões anteriores – torna-se também muito mais fácil.

Enfim, as possibilidades são muitas. Se você tiver alguma experiência bacana com a utilização desta ferramenta on-line, compartilhe com a gente nos comentários.

Nos vídeos abaixo, feitos pelo pessoal do Google, você encontrará mais informações e alguns exemplos de utilização. Quero deixar claro que infelizmente não recebi nenhum dinheiro ou benefício para divulgar esse serviço. Apenas pensei que como ele tem sido muito útil em meus trabalhos, possa ter utilidade para mais alguém também. ^^