Depois de entrar no universo da pós-graduação, você percebe que ele não é tão florido quanto imaginava ao observá-lo de longe. Ao elaborar um projeto e escrever uma monografia, dissertação ou tese, o você fará algumas descobertas que podem não ser muito agradáveis, mas são comuns a quase todos os alunos.

Alguns superam rápido, já outros demoram para aceitar a realidade e sofrem mais com a situação. Embora eu acredite que o maior aprendizado acontece na prática, decidi antecipar algumas situações com as quais você provavelmente irá se deparar ao longo de sua pós-graduação. Já diz o ditado que “quem avisa amigo é”, então lá vai:

1. Tenha os pés no chão, sua pesquisa não será a salvação para o mundo.
A ordem é: afunilar, afunilar e afunilar cada vez mais. Lembre-se que você deve restringir seu projeto, mas não seu interesse com relação a ele.

2. Não importa o quanto você leu sobre um determinado assunto/tema, ainda não é suficiente.
Leia mais, mais e mais. Ok, em algum momento você vai precisar diminuir o ritmo das leituras para começar a escrever, mas enquanto isso continue lendo.

3. Quanto mais claro seu projeto estiver para você, melhor será seu texto.
O contrário também é verdadeiro.

4. Se depender de você e de seu orientador, sua monografia nunca ficará pronta.
A dissertação fica pronta quando a bolsa o prazo termina.

5. Se depender de você e de seu orientador, seu artigo nunca ficará pronto.
A regra anterior também vale para aquele artigo que você está escrevendo.

6. Backups nunca são demais.
Por conta dos itens 4 e 5, você terá mil arquivos salvos com o nome “última versão”, “última versão 2”, etc.

7. As referências nunca acabam
Se você já conferiu as referências 50 vezes, não se preocupe, certamente alguma ainda ficou de fora.

8. Nem sempre a escrita rende
Não importa quão criativo, relax, inteligente e dedicado você é, o bloqueio criativo irá te pegar em algum(ns) momento(s). Quando isso acontecer, sente e chore tenha calma.

9. Seu orientador nem sempre está à sua disposição no tempo que você precisa.
Isso te ensinará a ser muito, muito, muito mais paciente e até mesmo independente.

10. A banca nem sempre conseguirá enxergar o melhor do seu trabalho.
Orgulhe-se dele mesmo assim.